A celebração dos 10 anos do INTS foi marcada por dois dias de eventos em Salvador. No dia 21 de novembro os supervisores, coordenadores, gerentes e diretores da instituição estiveram reunidos em uma programação especial em um hotel da cidade. A abertura do evento contou com uma roda de conversa com os diretores e superintendentes, onde puderam compartilhar as suas histórias nesses anos de empresa. Alan Kertzman falou sobre o sonho do fundador, Ian Cunha, hoje estar concretizado: “Estamos comemorando 10 anos de um sonho de Ian, que começou numa salinha pequena e hoje é a realidade que vocês conhecem”, contou. Ian também falou não só sobre a história da instituição, como também da importância das pessoas que a compõem: “Nosso segundo pilar são as pessoas e, apesar de hoje termos um grande número, temos um carinho individual e essa é a nossa missão também, levar vocês a outros patamares”, disse.

A roda de conversa seguiu com a fala dos outros membros, como o superintendente Marcelino Sousa, que comentou sobre a sua honra em fazer parte do time. Outros diretores também relembraram com nostalgia situações que viveram nesses anos, como também pontuaram as dificuldades enfrentadas.

Em um segundo momento o medalhista Flávio Canto palestrou aos presentes sobre motivação, relatando situações da sua carreira que o fizeram, em muitos momentos, cair e levantar mais forte. O judoca também deixou registrado em seu relato a importância de três etapas: construir, conquistar e compartilhar.

Após o almoço os líderes participaram de jogos de competências em equipes, onde puderam “brincar” de montar aviões de papel, realizar atividades de gincana e, ao fim, compreenderem como os papeis e as lideranças convergem no resultado.

Já no dia 22, toda a equipe do INTS de Salvador pôde se reunir em uma festa, no mesmo hotel.