Em virtude do decreto da pandemia da COVID-19 em todo o Brasil e pensando no atendimento humanizado ao usuário do sistema de saúde do município de Bertioga (SP), foi dado início nesta terça-feira (07) o acolhimento dos pacientes com sintomas respiratórios na tenda, instalada a frente ao Hospital Municipal de Bertioga, administrado pelo INTS. No local ficarão os colaboradores que iniciarão o primeiro atendimento ao paciente, sendo a ficha de atendimento feita pela recepção e, em seguida, o acolhimento com classificação de risco feita pela enfermagem. Nesse momento, serão oferecidas máscaras para os pacientes e acompanhantes, os quais após avaliação de enfermagem ficarão no aguardo do atendimento médico em local específico, ocasionando assim o processo de separação de pacientes com outros tipos de patologia.

Desde 11 de março de 2020, quando foi decretada a pandemia em território nacional, até o dia 07/04, o Hospital Municipal de Bertioga atendeu em média 349 casos de doenças respiratórias (Infecções Agudas de Vias Aéreas Superiores e Inferiores). Em toda cidade ainda não teve nenhum caso confirmado. Foram registrados 57 casos suspeitos, sendo 03 internados, 44 pessoas que já concluíram o isolamento social, 09 pessoas em isolamento social, 04 casos descartados e 01 óbito em investigação.