Profissionais da área assistencial do Hospital de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) realizam, desde a quarta-feira, 27, um treinamento para reciclagem e capacitação técnica. A manipulação da via aérea do paciente com suspeita, ou confirmado com o novo coronavírus (COVID-19) é o objetivo desse treinamento.

Para o coordenador da residência médica em anestesiologia do Hugo Dr. Felipe Maia, toda a área técnica está sendo treinada a ponto de garantir segurança aos profissionais e pacientes. “Precisamos garantir que durante esse procedimento, os profissionais da saúde não sejam contaminados, assim como é necessário também a garantia de que o paciente esteja protegido”, ressalta.

A capacitação é feita para médicos, enfermeiros e técnicos, em dias distintos, e não tem prazo para ser finalizada. “A intenção é que toda a equipe assistencial do hospital seja treinada à exaustão. Fazemos com turmas pequenas, para se evitar aglomerações, e repetiremos até que todos possam participar. Esse treinamento é feito em Centro Cirúrgico, com ambiente controlado e uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs)”, acrescenta.

Além do uso de EPIs, são usados um box de acrílico, que diminui a contaminação do ambiente por aerossóis que podem conter o vírus COVID, além do uso de equipamentos para manipulação de via aérea, como laringoscópio, tubo, filtro, além do manequim com alta tecnologia de realidade, que simula o paciente.