Sr. Raimundo está internado na enfermaria do Hospital Espanhol e ontem (08) falou com seu filho caçula. “É Raimundo. O mesmo nome!“, afirma o pai, cheio de orgulho. E de esperança pela cura. O momento da videochamada com seus familiares tem sido positivo para os pacientes isolados para tratamento da #COVID-19, no Hospital Espanhol. O serviço, chamado de “Visita Virtual”, faz parte das ações de humanização do hospital, que visam o cuidado psicológico e o conforto emocional dos seus pacientes.

“A vídeochamada é uma forma de aproximar os familiares do paciente, em condição de isolamento, num momento de sacrifícios, angústia e muita saudade. É um cuidado psicológico com os dois lados, buscando tranquilizá-los e lhes dar conforto emocional” – afirma a médica Thayse Barreto, Diretora Geral do Hospital Espanhol.

O Hospital dispõe hoje de 40 tablets para uso exclusivo, nas visitas virtuais. Esta plataforma possibilita o cadastro dos pacientes internados, com estado de lucidez que permita a comunicação virtual com seus familiares e para cada um deles, ficarão registrados três números de celulares, escolhidos pelo paciente, de pessoas com quem ele quer se comunicar. Além disso, lá também ficam armazenados os Boletins Médicos do paciente, publicados diariamente, com acesso aos mesmos familiares cadastrados e autorizados pelos pacientes para a realização das videochamadas. Também no formato digital de envio de links por SMS, os Boletins chegam até os familiares.