O Hospital de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz (Hugo), administrado pelo INTS, realizou na tarde desta sexta-feira, 10, mais uma ação do projeto “O que importa para você?”. O paciente Carlos Magalhães Batista, de 79 anos, que está internado há 47 dias Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pôde saborear na tarde desta sexta-feira, 10, sua comida favorita, uma broa de milho.

A campanha “O que importa para você?” é uma ação que tem o propósito de estimular conversas mais significativas entre profissionais de saúde e pacientes, criando um elo de compaixão e empatia entre eles. É atender de forma humanizada e aprimorar o cuidado de saúde e assistência social, com base no que realmente importa para o paciente. O projeto nasceu da ação internacional da organização Healthcare Improvement Scotland.

A fim de desenvolver um melhor entendimento das necessidades que realmente importam na vida das pessoas, o Hugo a aderiu à campanha “O que importa para você?”. “O Hugo é engajado neste movimento que promove a empatia no cuidado centrado no paciente associando a assistência segura com desfechos favoráveis na experiência do paciente. O Hospital reforça essa ação, engajando o profissional da saúde a se colocar no lugar do outro e a entender o que é mais importante para a pessoa que está internada. A experiência permite atender de forma humanizada, estreita os laços de confiança e ajuda no enfrentamento do quadro clínico”, explica Janine de Paula, gerente assistencial da unidade.

De acordo com a coordenadora multiprofissional do Hugo, Letícia Vieira, essas ações têm sido bastante valorizadas pela unidade, pois contribuem para criar laços de confiança entre profissionais e pacientes, o que melhora a assistência médica e ajuda no enfrentamento do quadro clínico. “A equipe multiprofissional é orientada a olhar para o paciente como um todo, não só a comorbidade que ele possui. Com essa política de humanização voltada para o paciente, o seu Carlos chamou atenção de uma fisioterapeuta que atua na UTI”, revela.

Ao ser perguntado ao paciente “O que importa para você?” ele revelou o desejo de comer uma broa. “Para proporcionar este momento para o seu Carlos nós compramos a broa e ele comeu em um lanche virtual, uma chamada de vídeo, com a família para que eles também participassem deste momento. A equipe é muito envolvida com o seu Carlos, ele está internado há muito tempo e eles já estreitaram laços de amor. É isso que nós queremos com ações como esta, estreitar os laços da equipe de saúde com o paciente e assim personalizar o atendimento”, afirma a coordenadora da equipe multiprofissional do Hugo.

A família de seu Carlos aprovou a ação.  “A iniciativa é excelente, é uma forma de humanizar esse isolamento que eles estão na UTI. Ajuda tanto o paciente quanto o familiar, toda equipe do Hugo está de parabéns. São anjos cuidando de seres humanos. Graças a Deus temos esse tipo de atendimento no Hugo e recomendo que possa continuar com esse atendimento para os pacientes e familiares”, relata Clériston Magalhães, filho de seu Carlos.

No Hugo, a ação contempla todos os pacientes internados nas enfermarias e UTIs da unidade.