As tardes de sol têm sido mais iluminadas ainda, para os pacientes de leitos de enfermaria do Hospital Espanhol. Porque além de iluminadas, agora estão musicadas, também. As sessões de musicoterapia saíram dos quartos e estão acontecendo ao ar livre, nas varandas dos andares, debruçadas para a Baía de Todos os Santos.

O musicoterapeuta Marcos Barbosa, que desde o último mês de maio leva música para os pacientes internados, considera a inovação do local muito positiva já que se tem a oportunidade de juntar arte e natureza, no processo de tratamento da saúde.

“O ambiente do quarto, num isolamento, é monótono e triste. Nas varandas daqui, a gente desfruta da oferta natural de uma vista maravilhosa! Os pacientes ficam deslumbrados. Proporcionar  um ambiente agradável, melhora bastante o humor de quem está doente” – comenta o musicoterapeuta.

As reações diante da música e do mar

Os pacientes em condições físicas de andarem pequenos trechos são acompanhados pela equipe de psicologia, durante o passeio à varanda. Muitos deles, se soltam, dançam e se descontraem.

A paciente Maria da Conceição Silva Souza, 58, quando participou pela primeira vez, cantou, dançou, orou e se disse feliz, ao voltar para o seu quarto: “Senti Deus na minha presença aqui. Me curou! Estou muito alegre, muito feliz da vida“.

Numa destas tardes, Seu Domingos estava na varanda, achando que aquele seria o melhor momento do seu dia.

Quando foi surpreendido com a notícia que todos os pacientes sonham em receber: “O senhor está de alta, Seu Domingos”, informou a enfermeira – “vamos voltar para o quarto para se arrumar e ir para sua casa“! E a emoção e gratidão não deixaram nem ele falar… a expressão de choro externava a sua alegria.

E os heróis da saúde e os pacientes que estavam juntos na varanda, agradeceram e comemoraram pela vitória de Seu Domingos para a Covid-19.

Ele foi um, dentre os mais de 560 curados, no Hospital Espanhol, desde o dia 25/04/20, quando houve a primeira alta. Que venham as próximas!