Na manhã desta segunda-feira (10), a equipe do Hospital de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) proporcionou a Jonhnatanh Cabral Silva, de 22 anos, que está internado há 58 dias, o prazer de tomar sol, cortar o cabelo e saborear um açaí. 

A campanha “O que importa para você?” é um projeto que tem o propósito de estimular o bom relacionamento entre profissionais de saúde e pacientes, visando um tratamento mais humanizado para com os pacientes. O projeto nasceu da ação internacional da organização Healthcare Improvement Scotland. 

Segundo Janine de Paula, gerente assistencial da unidade, o hospital aderiu à campanha por entender que as pequenas coisas fazem diferença na vida das pessoas.“ Queremos que o profissional da saúde  se coloque no lugar do outro e a entenda o que é mais importante para a pessoa que está internada”, explica.

O projeto é guiado por uma equipe multidisciplinar que dá todo o suporte e segurança para que o paciente se ausente do leito para realizar o seu “desejo”. “Para realizar a ação nós mobilizamos uma grande equipe. Essas ações são acompanhadas bem de perto”, relata a coordenadora multiprofissional, Letícia Vieira. O projeto contempla todos os pacientes internados nas enfermarias e UTIs da unidade.

As atividades são autorizadas pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) que avalia as medidas necessárias para que todos estivessem protegidos e pudessem atender o desejo do paciente. No caso de Jonhnatanh, todos os seus pedidos puderam ser realizados, tomando as precauções de segurança por conta da pandemia de covid-19.

Além do açaí, corte de cabelo e banho de sol, ele pode escutar música sertaneja, seu estilo preferido. Para Luiz da Conceição Silva, pai de Jonhnatanh, a ação é bastante positiva. “Fiquei muito feliz que hospital organizou este momento para ele. Ficar muito tempo internada não é fácil”, relatou seu Luiz. 

Jonhnatanh deu entrada no Hugo no dia 17 de junho, vítima de um acidente trânsito. Ele passou por cirurgia e durante esse período no hospital ficou internado na clínica ortopédica.