Orientar quanto ao atendimento de vítimas de queimadura e choque elétrico. Esse foi o objetivo do curso ministrado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) Mogi das Cruzes, que orientou técnicos de enfermagem e condutores de emergência a respeito da temática. A atividade, que foi coordenada pelo enfermeiro do SAMU, Fábio Caxico, foi realizada na Escola Estadual CENFORP, onde os participantes puderam aprender sobre a classificação das queimaduras, o tamanho da queimadura usando a “regra dos nove, a calcular  reposição de fluidos, usando a fórmula de Parkland, e ter conhecimento sobre as condutas a serem tomadas em caso de atendimento ao queimado.

De acordo com o enfermeiro Fábio Caxico, responsável pelo Núcleo de Educação e Pesquisa (NEP) do Samu Mogi das Cruzes, o atendimento pré-hospitalar ao paciente acometido por injúrias térmicas exige uma avaliação clínica, habilidades e conhecimentos específicos sobre primeiros socorros para um bom prognóstico dessa enfermidade. “O atendimento prestado ao paciente queimado tem como objetivo parar a progressão da queimadura, por meio do resfriamento do local com água a temperatura ambiente”, explica.