Quatro pacientes com idades entre 69 e 80 anos deixaram a unidade de saúde após receberem tratamento contra o novo coronavírus.

Mais quatro pacientes com idades entre 69 e 80 anos venceram a batalha contra o novo coronavírus e receberam alta na tarde desta terça-feira, 10, no Hospital Regional de Itumbiara São Marcos. Eles fazem parte do grupo de risco, mas passaram a integrar uma estatística do bem: a de idosos que venceram a Covid-19 no Hospital de Itumbiara, unidade referência no tratamento da doença em Goiás.

Celebração é a palavra que define estas altas. Antes de deixar a unidade de saúde, os idosos receberam festa e aplausos dos colaboradores do hospital, ação simboliza vitória contra a doença. Os vitoriosos também não esconderam a felicidade em vencer a batalha contra a doença. “Venci a Covid-19”, carregavam em um cartaz.

De acordo com coordenadora multiprofissional Karine Araújo, desde o funcionamento da unidade de saúde muitos idosos venceram a Covid. “Cada alta é comemorada com muito carinho, pois são vistas como uma vitória, mas as altas de pacientes idosos são diferentes e carregadas de emoções. Conhecer a trajetória, as experiências e as lutas de um paciente idoso é muito gratificante. É um momento que nos dá esperança e mostra a importância do nosso trabalho para a melhora do estado de saúde e bem-estar desse paciente. No entanto, mesmo com a alta hospitalar, destacamos a importância dos cuidados e hábitos saudáveis serem continuados no cotidiano”, explica.

Um dos casos emblemáticos da unidade e do Estado de Goiás foi o da dona Guiomar Helena de Oliveira que, aos 105 anos, venceu a batalha contra a Covid-19. Esses pacientes idosos com certeza possuem muitas histórias incríveis para contar, e vencer a Covid-19 é mais uma delas.

O enfrentamento do coronavírus tem sido marcado como um dos maiores desafios para a saúde no Brasil e no mundo. Profissionais de saúde se esforçam para manter o equilíbrio em meio ao cansaço e ao medo, para oferecer o seu melhor aos pacientes. A vitória desses “superidosos” atendidos no Hospital Regional de Itumbiara São Marcos ganha um sabor ainda mais especial, não só de dever cumprido, mas também de esperança e ânimo para continuar a batalha.

Fato é que, quando tomamos conhecimento de que mais um idoso saiu pela porta da frente de um hospital, são e salvo, traz esperança de que tudo isso vai passar.