A cerimônia foi fruto do projeto “O que importa para você”, que tem o objetivo de descobrir quais são os anseios dos pacientes

Muitos são os casais que desejam entrar na igreja e realizar o sonho do casamento. E na tarde desta sexta-feira, 13 de novembro, a senhora Dalva, de 76 anos, e o seu companheiro José, de 92 anos, finalmente puderam firmar o matrimônio após 25 anos de convivência. Para chegar ao altar, a história do casal começa lá em 2015, quando começou a ser assistido pelo Programa de Acompanhante de Idosos (PAI), da Unidade Básica de Saúde Jardim Miriam ll, em São Paulo. Ela, até então divorciada, contou que o primeiro casamento foi “arranjado” por familiares e que foi muito infeliz com o ex-marido. Relatou também que após a separação, conheceu José, e então descobriu o grande amor dela.

Ele, viúvo, tem diagnóstico de câncer de próstata, recentemente foi diagnosticado com metástase na coluna, e segue em acompanhamento com equipe de oncologia e cuidados paliativos da UBS.   Durante uma visita da equipe, e por meio do projeto “O Que Importa para Você”, foi realizada a pergunta com o mesmo nome da iniciativa que visa identificar os anseios dos pacientes.  Foi então que eles responderam: “O que importa é o amor, amor que sentimos um pelo outro e o amor que sentimos por nossos filhos de pelo (os gatos)”. E contaram que tinham o sonho de casar na igreja.

Pensando na história de vida do casal e no sonho tão especial que eles trouxeram, a equipe procurou a gerente da unidade que deu total apoio para a realização desse sonho. Em menos de um mês, os colaboradores se mobilizaram para que o desejo sonho fosse realizado. Com o empenho de toda equipe e a ajuda de algumas pessoas da comunidade, o casamento foi realizado.