A experiência do paciente é única e intransferível, mas pode ser trabalhada, melhorada e customizada. Por isso, o Hospital Dia Cidade Ademar, em São Paulo, implantou o Escritório do Paciente, que coloca o usuário no centro das ações e do cuidado no hospital. A iniciativa utiliza conceitos com o objetivo de customizar a experiência de atendimento hospitalar, abordando aspectos de satisfação, humanização, qualidade e segurança. É uma forma organizada de trabalhar diariamente a experiência do paciente, melhorando a sua percepção. Nesse sentido foi instituído o “Questionário de Experiência do Paciente“. Com ele, a unidade de saúde escuta a voz do paciente, avalia as práticas de segurança institucionais, e quando não estão adequadas, institui ciclos e projetos de melhoria.

O Hospital Dia Cidade Ademar também dispõe do Ambulatório de Farmácia (Polifármaco), destinado a pacientes que utilizam cinco ou mais medicamentos concomitantemente e também para os que demonstrem baixa adesão a farmacoterapia. Essa ação é voltada para aqueles usuários que foram identificados O ambulatório tem periodicidade semanal e está à disposição do agendamento de qualquer profissional da equipe multiprofissional que detecte dificuldade, seja por uso de vários medicamentos, dificuldade de cognição, baixa visão, analfabetismo ou ainda dificuldade de organização na rotina medicamentosa.

Seu objetivo é evitar interações medicamentosas ou falhas terapêuticas por uso inadequado das medicações e oferecer ferramentas, que contribuam para adesão à farmacoterapia, como uso do despertador, caixinhas de organização de horário de administração e guia de uso de medicamentos. O paciente também recebe orientação, quanto a forma correta de armazenamento dos medicamentos, melhor horário para administração, principais reações adversas e interações medicamentosas.