“Parabéns para a Equipe da UTI 2 do Hospital Espanhol que conseguiu devolver à sua família a paciente Joseneide Borges Silva’. Jovem com 31 anos, mãe de dois filhos – uma adolescente de 14 anos e o bebê Pietro, com apenas 9 meses” – com estas palavras, o médico intensivista, Ramon Bezerra, agradeceu aos seus colegas de setor, por mais uma vitória alcançada, mais uma vida devolvida ao mundo fora da UTI.

Joseneide adquiriu a forma grave da COVID-19. Deu entrada no HE no dia 27/02. Ficou um total de 20 dias em ventilação mecânica, sendo traqueostomizada e enfrentado alguns picos de gravidade do seu quadro clínico.

Recebeu alta da UTI na noite do dia 8 de abril, lúcida e orientada, sem disfunções orgânicas e foi transferida para a Enfermaria 6C do Hospital Espanhol, para dar continuidade ao tratamento, até voltar para casa.

Na saída da UTI, depois de ouvir as palavras do médico Ramon Bezerra, emocionada e com a voz fraca, ainda em processo de recuperação pós-intubação por 20 dias, Joseneide balbuciou: “Eu que agradeço a vocês. Muito obrigada!”.

A maca onde estava a vitoriosa Joseneide, passou por um corredor de colaboradores Heróis da Saúde que a aplaudiram e exibiram pequenos cartazes com mensagens de motivação.

“Que casos como este sirvam para nos motivar, em tempos tão difíceis. E façam valer todo o nosso trabalho. Pietro, filho de 9 meses de Joseneide, será grato eternamente por crescer ao lado de sua mãe” – externou Dr Ramon, após mais uma missão comprida e cumprida, mais uma luta vencida – na guerra chamada Pandemia C19.