Ação visa diminuir a ansiedade dos pacientes, criando um ambiente menos estressante que utiliza o silêncio como processo terapêutico

Indicada para pacientes graves, as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) são uns dos espaços mais complexos de um hospital. Para humanizar o atendimento e diminuir os efeitos negativos da internação, o Hospital de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) criou o projeto “Terapia do Sono”. Luzes apagadas, ambiente tranquilo, sem nenhum ruído ou interferência externa. Profissionais dedicam uma hora por dia para estimular o pleno descanso dos pacientes.

De acordo com a gerente assistencial do Hugo, Janine de Paula, no período do “Terapia do Sono”, os colaboradores trabalham normalmente, mas em silêncio para evitar o máximo de ruídos externos. “A ideia é ajudar a construir um ambiente menos estressante para os pacientes. Durante o regime de internação, eles ficam expostos ao barulho dos monitores cardíacos, bombas de infusão e respiradores. O projeto visa diminuir a ansiedade dos nossos pacientes”, explica.

Janine conta que o projeto conscientiza sobre a importância do silêncio como parte do processo terapêutico. “Os benefícios atingem toda a equipe assistencial, pois é um momento de desacelerar a rotina da unidade. Há uma troca mútua de assistência, que resulta na qualidade e excelência do nosso atendimento”, afirma.