Hospital Espanhol completa seis meses como um Centro de Tratamento Covid

Hospital Espanhol completa seis meses como um Centro de Tratamento Covid

“Se não fossem os esforços das equipes de profissionais que aqui estão, arriscando suas próprias vidas para salvar outras, nós não teríamos chegado até aqui. Eu agradeço a todos vocês, de coração. Muito obrigado!” Esta foi parte da fala do infectologista Roberto Badaró, Diretor Médico do Hospital Espanhol, na tarde desta quinta-feira (22). Ele falou para um grupo em torno de 50 colaboradores, representando os mais de 400 que trabalham no Hospital.  Nesta data, eles celebraram os seis meses de funcionamento do Hospital Espanhol como um Centro de Tratamento Covid-19, referência na Bahia. Na noite do dia 22/04/20, o Hospital recebeu seus cinco primeiros pacientes contaminados pelo coronavírus. Até o último dia 21/10, já havia contabilizado 1.592 internações e 1.090 altas.  “É uma luta, entre curas e perdas. Uma batalha diária, entre a vida e a morte. Mas é compensador podermos nos doar e ajudar, num momento de pandemia mundial” – comentou a Diretora Geral do HE, Dra Thayse Barreto.

Este semestre de trabalho árduo foi marcado por um encontro das equipes de heróis da saúde, na balaustrada superior do Hospital, ao ar livre, sob mangueiras, debruçada para a Baía de Todos os Santos. Local onde acontece, em todas as últimas quintas-feiras de cada mês, o projeto A Música Une. Quando colaborares tocam e cantam para os colegas, durante o pôr do sol. É um momento de integração e descontração para aqueles que trabalham em um ambiente contaminado por um vírus ainda sem controle da ciência e minado de fortes emoções.

O aniversário de seis meses, coincidiu com o dia da 4a sessão do A Música Une. Além de música, e da fala do Diretor Médico, os colaboradores rezaram um Pai Nosso, em memória dos pacientes que perderam a luta para a Covid e leram juntos, de forma uníssona, o poema de Bráulio Bessa: “Definição de Saudade”. Foi uma tarde de muita emoção e, acima de tudo, união. A integração dos colaboradores é notável e fundamental, nesta gincana pelas vidas. Dos pacientes e deles também.

Em nome do INTS, a colaboradora Patrícia Viana, responsável pela Controladoria do Hospital Espanhol, enfatizou o agradecimento à dedicação e ao comprometimento de todos e relembrou: “A gente também precisa cuidar de quem cuida. Este é o nosso momento mensal, em que reabastecemos nossos corações”. A surpresa da tarde, que aconteceu de improviso e com a espontaneidade que costuma pairar no Hospital Espanhol, foi quando Dr Roberto Badaró, referência em infectologia no Brasil, assumiu o violão e também fez a música unir os corações dos colaboradores. Poucos sabiam ou conheciam o seu lado musical.

Os colaboradores leram o que Bráulio Bessa escreveu:

“Já vi muita evolução

pro bem da humanidade,

vi cientistas curando

tudo que é enfermidade.

Mas até hoje eu duvido,

inventar um comprimido

pra aliviar a saudade”.

E quem não torce pela descoberta de um comprimido para aliviar a saudade? Mas torcemos para os cientistas descobrirem antes, a vacina contra a Covid. Porque esta enfermidade é a maior causadora da saudade.

 

NASF de Suzano realiza agenda especial para o Outubro Rosa

NASF de Suzano realiza agenda especial para o Outubro Rosa

Com o tema “Existem Mulheres fortes e Existem Mulheres que ainda não descobriram sua força! DESCUBRA-SE!”, o Núcleo Ampliado de Saúde da Família (NASF) em Suzano-SP, intensificou as ações em comemoração ao Outubro Rosa, campanha nacional de prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. A equipe multidisciplinar aproveitou o dia “D” de Pólio e Multivacinação, que aconteceu no último sábado, 17 de outubro, para sensibilizar as mulheres sobre a importância do autocuidado, planejamento familiar, alimentação saudável, prevenção à violência doméstica de gênero e empoderamento feminino.

De acordo com a coordenadora do NASF de Suzano, Juliana Sant’Ana, “o acolhimento é fundamental para sensibilizar as mulheres, que, muitas vezes, acabam absorvidas pelo dia-a-dia e esquecem de se voltar para a sua saúde. Receber elas, dar uma palavra de carinho, perguntar se ela já fez o autoexame, tudo isso faz com que essa mulher reflita e perceba a importância que ela tem na sociedade”, declarou.

Além dos serviços direcionados para a coleta de exame Papanicolau e ultrassom de mama, a equipe do NASF realizou atividades de promoção a autoestima e saúde mental. “É muito importante falar em autoestima, já que ela é a base das nossas emoções, do equilíbrio da saúde mental e, por isso, é importante pensar no quanto ela reflete na nossa saúde física. Assim esperamos empoderar as mulheres a se cuidar, a se conhecer e se amar mais”, explicou Maria Clara Lira Bezenil, psicóloga do NASF.

 

Programação especial marca celebração do Outubro Rosa no Hospital Municipal de Bertioga

Programação especial marca celebração do Outubro Rosa no Hospital Municipal de Bertioga

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), órgão do Ministério da Saúde, em 2020, são estimados mais 66 mil casos de câncer de mama no Brasil. A doença é a que mais acomete as mulheres no mundo, já que somente em 2018, foram registrados 21 milhões de novos casos. Com o intuito de celebrar o Outubro Rosa, campanha nacional de prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama, o Hospital Municipal de Bertioga (HMB) realizou atividades com as colaboradoras da unidade de saúde.

Uma tarde de relaxamento com duas esteticistas foi oferecida com o intuito de promover sessões de massagem corporal para as funcionárias. A atividade, que foi realizada pelo Serviço Social e Psicologia do HMB, gera benefícios como saúde física e emocional, controle do estresse, diminuição da ansiedade, alívio da tensão e das dores musculares. Outros ganhos também fodem ser citados, como melhora da circulação sanguínea, elasticidade da pele e sistema imune, diminuição da pressão arterial no caso de pacientes hipertensas, alívio das dores de cabeça e diminuição do cansaço.

Além do momento relaxante, o Hospital promoveu a palestra “Autoexame”, iniciativa voltada para as usuárias do serviço de recepção do Hospital. A ação foi apresentada pela enfermeira do HMB, Juliana Delfini, que apresentou os fatores de risco, prevenção, orientação quanto ao câncer de mama, além de tirar dúvidas.

Crianças de Salvador são beneficiadas por ação do Núcleo de Promoção à Saúde do INTS

Crianças de Salvador são beneficiadas por ação do Núcleo de Promoção à Saúde do INTS

Em celebração ao Dia das Crianças, 0 Núcleo de Promoção à Saúde (NPS), do Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde – INTS promoveu uma programação diferente para crianças em situação de rua, de Salvador. Nos últimos dias 13 e 14 de outubro, Aquidabã e o Largo da Piedade foram os pontos escolhidos da capital baiana para levar mais alegria e amor aos pequenos que raramente têm um momento de felicidade. Com o apoio do Projeto Higiene Básica e Refeição, a atividade distribuiu brinquedos, kit de saúde bucal (escova, fio dental, creme dental e sabonete) e álcool gel. Para deixar o dia ainda mais especial, um delicioso lanche foi oferecido, com guloseimas, cachorro-quente, refrigerante, biscoitos e água mineral.  De acordo com a coordenadora do NPS, Bárbara Silva, a ação pode oferecer um momento marcante e feliz na vida de várias crianças que, muitas das vezes, não dispõe do básico diariamente, principalmente em tempos de Pandemia. “Proporcionar um dia das crianças, com presentes, guloseimas e lanches foi a oportunidade para plantar a semente da alegria na vida de cada uma delas”, afirma.

 

Troca de plantão é marcada por surpresa às colaboradoras do Hugo

Troca de plantão é marcada por surpresa às colaboradoras do Hugo

Projeto tem ideia de fortalecer emocionalmente os colaboradores e neste mês trata diretamente com as mulheres que trabalham no hospital, em alusão aos cuidados para prevenção aos cânceres de mama e do colo do útero

As mulheres que trabalham em todas as áreas do Hospital de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) tiveram uma surpresa, na troca de plantão desta terça-feira, 20. É que um projeto desempenhado na unidade desde o início do ano proporciona fortalecimento emocional aos funcionários. Mas esse mês é dedicado a elas, em alusão à prevenção aos cânceres de mama e do colo do útero.

Com um violão, a assistente social Cristiane do Carmo Name Vasconcelos começou a tocar logo que as colaboradoras trocavam de plantão, nos departamentos. Quem chegava para assumir o dia, ou quem saia para descansar, podia participar do momento. A ação faz parte do projeto Fortalecer. Desde a fala, a música, oração, um desenho ou colorir, qualquer forma de expressar o que está sentindo é admitida.

“É um momento em que, nesse projeto, nós podemos expressar o que sentimos. Também tememos pela própria vida, passamos por uma pandemia e sentimos pelas perdas de pacientes, colegas; vemos o medo que os familiares têm em não poder estar próximo dos seus parentes, pelo impedimento das visitas”, conta a coordenadora multiprofissional do Hugo, Letícia Vieira.

A psicóloga Mônica Francisca Benevides Lelis é uma das idealizadoras do Fortalecer. Durante o mês de outubro, em conjunto com departamentos como Recursos Humanos, são massificadas ações com a temática mulher. Desde o respeito, empoderamento e a dignificação delas no ambiente de trabalho, até oportunidades de reforçar o autoexame de mama, a mamografia e a prevenção ginecológica.

Semana do Médico é marcada por reconhecimento no Hugo

Semana do Médico é marcada por reconhecimento no Hugo

Café da Manhã especial é oferecido aos colaboradores do Hugo em forma de reconhecimento à Semana do Médico

A Semana do Médico é marcada pelo reconhecimento, no Hospital de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz (Hugo). Um café da Manhã especial foi oferecido pelo departamento de Nutrição aos colaboradores. A ideia é proporcionar aos profissionais uma oportunidade em reconhecimento pelos serviços prestados à população através da medicina. “Nós temos diversas especialidades e oferecemos à sociedade o nosso trabalho com muito empenho e zelo. Nada mais justo que esse momento em reconhecimento à dedicação que temos diariamente”, conta o diretor-técnico do Hugo e médico intensivista, Eros Sousa.

Coordenadora de Nutrição da unidade, Vanessa da Mata diz que tudo foi preparado com muito carinho. “É um momento em que reconhecemos tudo o que esses profissionais fazem pela saúde das outras pessoas. Oferecemos a eles, nessa ocasião, muito mais do que o café da manhã especial, com frutas diferentes do dia a dia, com sucos diferenciados, panificados e outras coisas. Nós oferecemos aqui a gratidão”, conta. A coordenadora revela que o departamento também proporciona o serviço em todas as ocasiões em que se comemora as profissões que colaboram pela permanência do Hugo.

A oportunidade de confraternizar, mesmo cumprindo com todas as exigências sanitárias estabelecidas em decorrência da pandemia causada pelo coronavírus, foi também um momento de refletir pela situação atual causada na saúde. O Hugo, assim como todos os hospitais da rede Estadual, tem profissionais capacitados para atender a demanda criada não só pelo perfil de atendimento, como o trauma e ortopedia, por exemplo, mas também dos infectados com o novo coronavírus.