Ação faz parte do tratamento humanizado que a unidade proporciona ao paciente para que ele se sinta importante, valorizado e acolhido

A manhã desta quinta-feira, 21, foi de alegria e comemoração a vida no Hospital de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz (Hugo). A paciente Nilza Fernandes, internada há 44 dias, foi surpreendida com uma comemoração para a chegada dos seus 63 anos.

A equipe multiprofissional da unidade em parceria com a filha da paciente quebraram a rotina hospitalar e rodearam dona Nilza para um momento de muito carinho e comemoração. Foi preparado um parabéns com boas vibrações, balões e bolo.

De acordo com a psicóloga Mônica Benevides, ações humanizadas no ambiente hospitalar propiciam ao paciente uma aproximação e conforto. Em momentos de fragilidade, os pacientes e familiares estão angustiados pela situação que enfrentam, ficando também mais receptivos e atentos aos cuidados dispensados no tratamento. “Quando a equipe proporciona essa comemoração ao paciente ele se importante, valorizado e acolhido. Isso melhora o lado emocional da pessoa, faz bem tanto para quem está internado e para a família. Devemos cuidar como o todo, buscando minimizar o sofrimento de quem está hospitalizado”, explica.

Mônica ressalta que é importante lembrar que o paciente é o amor de alguém. “Um gesto pequeno faz toda diferença. Nosso intuito é ver o paciente muito além da doença e valorizá-lo como ser único e complexo que é”, afirma.

Dona Nilza demonstrou muita alegria e emoção com a surpresa. “Foi maravilhoso, eu não esperava. Foi uma grande surpresa. Isso foi um presente, primeiro de Deus e depois de vocês do Hugo. Me senti grandiosa, não sei como agradecer tanta emoção e alegria. Uma pessoa tão simples como eu ganhar tudo isso é maravilho. Não tem dinheiro que paga, é uma riqueza. Obrigada pela homenagem.”, falou.