Ação foi realizada pela equipe multiprofissional da unidade e faz parte do tratamento humanizado que o hospital proporciona aos seus pacientes

Focado em oferecer ao paciente um atendimento humanizado com intuito de contribuir para a sua recuperação, de forma a minimizar o sofrimento provocado pela hospitalização, o Hospital de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro da Cruz (Hugo) proporciona aos seus usuários ações onde ele é cuidado com ser único e repleto de particularidades. Na manhã desta quarta-feira, 24, o paciente que recebeu todo esse olhar humanizado da equipe multiprofissional do Hugo foi Juvenilson da Costa Pereira, de 22 anos. Ele pôde sentir, pela segunda vez no período de internação, por alguns minutos o calor do sol e saborear um café da manhã especial com refrigerante e um sanduíche, diferente do que a unidade disponibiliza para os pacientes e acompanhantes.

A ação foi realizada pela equipe multiprofissional do Hugo e aconteceu no pátio da unidade. Para proporcionar este momento ao paciente, os colaboradores se mobilizaram para garantir segurança e conforto ao Juvenilson no instante em que se ausentou do leito.  De acordo com o diretor técnico do Hugo, Eros de Sousa, a unidade promove empatia e um cuidado centrado no paciente. “O hospital reforça a humanização no atendimento com ações onde o profissional de saúde se coloca no lugar do paciente para entender o que é importante para a pessoa e o que ele precisa. A experiência permite um atendimento humanizado que reforça os laços de confiança e ajuda no enfrentamento do quadro clínico, atingindo resultados significativos”, explica o médico.

Para tornar o banho de sola ainda mais radiante, Juvenilson contou com a presença da mãe, Veronice Pereira. “Nunca pensei que em um hospital público meu filho teria um tratamento assim. Muito obrigada ao Hugo por nos proporcionar este momento”, agradeceu. O paciente também aprovou a ação. “Meu tratamento no Hugo está sendo muito bom. Falei da minha vontade de tomar refrigerante, comer uma comida diferente e tomar banho de sol e a equipe prontamente atendeu o meu pedido. Não tenho o que reclamar do hospital”, afirma. O paciente deu entrada no Hugo no dia 19 de outubro de 2020, vítima de um acidente moto. Ele passou por duas cirurgias e durante esse período no hospital ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e enfermaria. Com o acidente, teve lesões na coluna e no fêmur.