Paciente do Hugo se recupera da Covid-19 após dois meses na UTI

11 de agosto de 2021

Confira também as nossas redes sociais:

Elayne Mendes Inácio chegou ao Hospital Estadual de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) no dia 25 de junho depois de internação no HCamp

A paciente Elayne Mendes Inácio, de 58 anos, se recuperou na terça-feira, 10, da Covid-19 depois de dois meses internada em uma unidade de terapia intensiva (UTI). Desde o dia 25 de junho no Hospital Estadual de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz (Hugo), Elayne foi encaminhada ao Hugo depois de receber tratamento no Hospital de Campanha para Enfrentamento do Coronavírus (HCamp), também em Goiânia.

Os dois meses de UTI para Elayne não foram fáceis. Quando se livrou da intubação, precisou ser traqueostomizada no dia 12 de julho. Apresentou quadro de obstrução intestinal durante o tratamento da Covid-19 e precisou ser submetida a uma cirurgia.

A oclusão – fechamento – da traqueostomia veio no dia 31 de julho, pouco mais de um mês depois do aniversário de 58 anos da paciente. Quatro dias depois, em 4 de agosto, os médicos fizeram a decanulação – retirada do tubo de traqueostomia da região da garganta – de Elayne.

Na terça-feira, 10, veio a notícia mais importante do tratamento da paciente: o exame negativo para Covid-19. Em seguida, Elayne foi transferida da UTI para a enfermaria de pacientes com a doença no Hugo para observação, mas já sem sinais de coronavírus no organismo. No mesmo dia, recebeu alta e voltou para casa em Goiânia.