Serviço de Controle Infecção Relacionada a Assistência à Saúde do Hospital Estadual de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz acompanhará pacientes após alta

O Hospital Estadual de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) passará a contar com um ambulatório de infectologia. A infectologista Shelia Paiva, coordenadora do Serviço de Controle de Infecção Relacionada a Assistência à Saúde (Sciras) do Hugo, explica que o novo espaço fará a busca fonada dos pacientes, que consiste no acompanhamento pós-alta por alguma infecção relacionada a assistência à saúde (IRA).

As IRAs são eventos adversos que devem ser notificadas por qualquer profissional da unidade quando foram identificadas. A comunicação da uma infecção relacionada a assistência à saúde é feita por meio do registro de ocorrências na intranet do Hugo. “O trabalho em equipe é essencial para atingirmos o nosso objetivo de reduzir as IRAs e garantir a segurança do paciente”, afirma a infectologista.

Além do monitoramento dos pacientes pela equipe do hospital, o Sciras estabeleceu a chamada “Meta Zero”. De acordo com Sheila Paiva, o trabalho será feito para evitar o surgimento de infecções do trato urinário e na corrente sanguínea, além de reduzir entre 30% e 35% a ocorrência de pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV) nas unidades de terapia intensiva (UTIs) do Hugo.

A infectologista detalha que os treinamentos, visitas multidisciplinares às alas do hospital, busca ativa diária de infecções relacionadas a assistência à saúde, estabelecimento de normas e protocolos com foco na biossegurança hospitalar são realizadas de forma contínua na unidade. Além do engajamento das equipes envolvidas com o trabalho do Sciras, metas setoriais de redução das IRAs e ações de prevenção são adotadas para controlar o ambiente hospitalar.