Planta, quando ganhada, proporciona sentimento de harmonia e paz ao ambiente. Ação é uma homenagem a unidade de saúde pelos 30 anos de existência

Os residentes multiprofissionais do Hospital de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) presentearam a unidade com uma muda da árvore da felicidade, em comemoração aos 30 anos do hospital. Vestidos de verde e branco, para simbolizar a esperança, eles fizeram o plantio no jardim do Hugo.

Segundo a coordenadora da Comissão de Residência Multidisciplinar (Coremu) do Hugo, Lucila Stoppa, a ação é uma forma simbólica de celebrar e representar todos os anos de existência da unidade. “Nós resolvemos homenagear o Hugo pelos seus 30 anos”, disse. A profissional destaca que o Hugo é um hospital significativo para o povo goiano.

“Nós da Coremu temos orgulho da unidade, e com a árvore da felicidade desejamos felicidades, realizações e boa sorte ao hospital, que é também um cenário de ensino que favorece o aprendizado dos residentes. É um agradecimento pelo programa de residência no Hugo”, concluiu.

Árvore da felicidade

A árvore da felicidade é originária da Polinésia, da Índia e da Malásia. Ela pode ser encontrada em suas versões: polyscias guilfoylei (macho) e a polyscias fruticosa (fêmea), que se diferenciam com relação à aparência e resistência.

Diz a lenda que a árvore da felicidade atrai prosperidade e nunca mais deixa a alegria ir embora da casa. Para os sentimentos de harmonia se multiplicarem, é apropriado usar o mesmo vaso para plantar duas mudas. Assim, você pode ficar com uma planta e dar a outra de presente para uma pessoa querida.

No Japão, reza a lenda que a árvore da felicidade traz realizações e boa sorte, basta passar por ela para ser “abençoado”. O pequeno arbusto só atrai felicidade quando é dado de coração. Portanto, não adianta comprar uma muda na loja de jardinagem e esperar a felicidade bater a sua porta. A planta precisa ser um presente para fornecer ótimas energias à família.