Colaboradores do HE se cotizaram para distribuição de presentes de Natal para crianças e jovens em situações de risco, numa ação social solidária do INTS, a “Árvore dos Sonhos”.

Amália, Amanda, André Luís, Caio Gabriel, Christian, Ederton, Edilson, Eliete, Eliseu, Elísio, Fábio, Gabriel, Gilmar, Isabele, Jefferson, Joelson, Lucas, Luiz, Marcos, Mirian, Paulo, Pedro, Pedro Vítor, Rafael, Samuel, Tácio, Taíza, Vítor, Vitória. São 29 crianças e adolescentes vitoriosos na sobrevivência de situações de riscos, muitas vezes dentro da própria família, e que estão acolhidos pela Fundação Cidade Mãe, em Salvador.

Eles tiveram parte de desejos materiais concretizados pelo Projeto de Natal “Árvore dos Sonhos”, criado pelo INTS e realizado também pelo Hospital Espanhol, uma das unidades geridas pelo Instituto. O Projeto foi realizado por cada unidade do INTS, beneficiando instituições sociais de acolhimentos com perfis diferentes.

A Árvore dos Sonhos consistiu em recolher cartas para “Papai Noel”, nas instituições escolhidas para serem contempladas com presentes de Natal. As cartas foram distribuídas entre os colaboradores das unidades e estes se cotizaram para providenciar os sonhos materiais contidos nas cartas.
A entrega “in loco” foi realizada por alguns colaboradores, representando a solidariedade da unidade.

Na Casa de Acolhimento Timóteo Amoroso, da Fundação Cidade Mãe, localizada no bairro do Engenho Velho de Brotas, chegaram para crianças e adolescentes, pelas mãos da Gerente Administrativo-Financeira do Hospital Espanhol, a enfermeira Elane Reis, e da Assessora Jurídica do HE, a advogada Daniela Castro: bola, roupas, chinelos, sandálias, kit maquiagem, máquina de cortar cabelo, fones de ouvido, caixinhas de som bluetooth… tornando o Natal mais alegre e com a certeza que Papai Noel não esqueceu deles!

A coordenadora interina da instituição, Luiza Santos de Oliveira, que recebeu a solidariedade do Hospital Espanhol, muito grata, comentou: “Foi uma emoção tremenda, o recebimento dos presentes, por parte das crianças e dos adolescentes. O carinho que vocês trouxeram, muitos deles nunca receberam, nem da própria família. Muito obrigada mesmo! Deus abençoe a todos vocês, por esta oportunidade.”