Coro da Polícia Militar presta homenagem pela Semana dos Pais, aos colaboradores do Hospital Espanhol

22 de abril de 2024

Confira também as nossas redes sociais:

A tarde do dia 9 de agosto foi mais musical ainda do que de costume no Hospital Espanhol.

 

Em homenagem à Semana dos Pais, o Coro Terapêutico da Polícia Militar da Bahia (PMBA) apresentou-se para os profissionais de saúde do HE que trabalham na linha de frente da Covid-19, na área externa da unidade hospitalar. De frente para o mar, sob as árvores e com o acompanhamento dos cantos de pássaros.

Era para ser um evento para os colaboradores que são pais, mas as “pães”, as mães e os que não são pais ou mães, também participaram e se deliciaram com mais um momento de relaxamento, em meio ao estresse dos plantões. Merecem muito!

A apresentação faz parte das visitas itinerantes do Projeto Coro Terapêutico da PMBA que há 15 anos vai a entidades como escolas, hospitais, asilos, orfanatos e instituições filantrópicas, levando arte, música, integração, humanização e leveza para as pessoas destes locais. Desta forma, o lado leve da segurança militar e a ação musical do policial chegam até à comunidade. Versões desconhecidas pela maioria da população, de um serviço público que atua diariamente no combate à violência.

Um repertório com músicas eruditas e populares, como Festival Sanctus (John Leavitt), Tempo de Vencer (Jamily) e Maracangalha (Dorival Caymmi), fizeram os colaboradores do HE interagir com palmas e dança. Tenente Josué da Paz, regente do Coro, estimula a participação do público a todo instante e convidou algumas pessoas para cantarem junto aos 16 policiais militares do grupo. O Diretor Médico do Hospital Espanhol, o infectologista Roberto Badaró, que toca violão e canta, nas suas raras horas vagas, topou o improviso e cantou “Andanças”, de Danilo Caymmi.

 

A música integra, cuida e une

 

“Integrar a PM à comunidade, mostrando que não somos apenas militarismo e disciplina, mas também arte, cultura e lazer, é o principal objetivo deste Coro do qual estou responsável pela regência. A PM já tem este viés musical na sua história. A Banda da PM tem mais de 200 anos de atuação” – explicou Tenente Josué que é musicoterapeuta. E ele completou: “O policial sofre muita pressão na sua rotina de trabalho. Fazer parte dos grupos musicais da corporação é uma terapia!”

Música é arte. Música é terapia. Assim sente Sargento Bahia, membro do Coro há oito anos. “Diariamente mostramos a importância do nosso serviço para a segurança e o bem-estar do próximo. Com a nossa música, transmitimos uma imagem mais humana da corporação, e isso não tem preço. Saio regozijado das apresentações. É gratificante e reconfortante!” Esta foi a satisfação externada pelo Sargento.

O Coro da PMBA chegou até o HE por meio da iniciativa de Fernanda Barreto, Assistente Social que está há apenas um mês trabalhando na unidade, mas já entrou no clima de humanização e musicalidade característico do Hospital Espanhol. “Nós, profissionais da linha de frente, também precisamos cuidar da nossa saúde mental. A gente sempre vai em busca de ações humanizadas para os pacientes e para os colegas para cuidar do coletivo. Tenho um irmão que é da PM e com o apoio dele, conseguimos o contato” – contou a Assistente Social. Logo em seguida, a empatia e a solidariedade do Coro Terapêutico foram evidenciadas, na confirmação da sua apresentação para homenagear os pais do HE.

Marcos Barbosa, musicoterapeuta do Hospital Espanhol, pai de um casal de filhos e com a caçulinha nascida durante a pandemia, pela primeira vez esteve como plateia, num evento musical do HE. “Como pai, me sinto muito abraçado por esta ação. Ser presenteado já é bom, ser presenteado com música é melhor ainda. Hoje, nós mudamos daquele lugar de atendimento às pessoas e passamos a ser atendidos” – refletiu o musicoterapeuta, responsável por resultados extremamente positivos da ação da música para pacientes e colaboradores do HE, nestes dois anos de funcionamento da unidade, como o maior Centro de Tratamento para Covid no estado da Bahia.

O Hospital Espanhol, que tem a música como referência terapêutica, recebeu da PMBA este presente na semana em que celebramos o Dia dos Pais. Momentos como estes proporcionam descontração para uma equipe de profissionais que atua na missão de salvar a vida de pessoas contaminadas pelo coronavírus. E já foram quase 4.800 vidas salvas! A ação proporcionou integração e descontração de profissionais de serviços públicos do estado das áreas de segurança e saúde. Áreas essenciais e de rotinas profissionais tensas e estressantes. A música, realmente, une! Relaxa e transforma. Gratidão, PMBA!

Hospital Guarapiranga apresenta quatro trabalhos no COSEMS 2024

Hospital Guarapiranga apresenta quatro trabalhos no COSEMS 2024

Unidade municipal de saúde conta com quatro projetos na 20ª Mostra de Experiências Exitosas dos Municípios O Hospital Municipal Guarapiranga, unidade da Secretaria Municipal de Saúde, gerenciada pelo Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde (INTS), apresenta, entre os...

ler mais