Dez dias de funcionamento, 65 partos realizados, sendo 42 normais e 23 cesarianos (31 meninas e 34 meninos nascidos), e um total de 213 atendimentos. Esse foi um dos indicadores avaliados na primeira reunião do Colegiado de Gestão da Maternidade Municipal Lourdes Nogueira, realizada na tarde desta quinta-feira, 27, reunindo todo o corpo diretivo da unidade, as lideranças do Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde (INTS), que a administra, além dos gestores da Secretaria Municipal de Saúde que supervisionam o serviço.

“Expusemos esses indicadores para mostrar aos colaboradores que aqui vamos implementar uma construção coletiva dos resultados. Vamos trazer todos os resultados e indicadores, semanalmente, para avaliar a adequação dos fluxos de trabalho, das dificuldades encontradas e do aperfeiçoamento dos processos, uma vez que temos uma estrutura nova, uma equipe nova e atribuições novas num processo contínuo de evolução”, explica a diretora geral da unidade, Iêda Maria França.

Humanização

Já a diretora-técnica da maternidade, a médica obstetra Stephanie de Almeida, referenciou a importância de todo o fluxo de acolhimento e informação que vem possibilitando o grande percentual de partos normais, permitindo uma recuperação mais cômoda, menos riscos e benefícios à saúde do bebê. “Nesta primeira semana, já obtivemos um índice de 64% de partos normais, o que é um indicador muito favorável de funcionamento e revela o êxito nesse processo de humanização e acolhimento que buscamos implementar”, destaca.

Outro aspecto que demonstra a funcionalidade dos serviços oferecidos é o fato de 31 crianças, sendo 16 meninas e 15 meninos, já terem saído da maternidade com suas respectivas certidões de nascimento, devidamente emitidas no cartório da unidade. “Ainda temos recém-nascidos internados na UTI Neonatal e nas unidades de cuidados intensivos, por isso há essa diferença entre os nascidos e registrados, além do fato de muitos pais quererem registrar suas crianças em cartórios de sua preferência, visto que o registro aqui é facultativo”, explica a diretora.

Iêda França também chama a atenção para a diversidade de origem das parturientes, além da própria capital. “Já atendemos pacientes de Nossa Senhora do Socorro, Barra dos Coqueiros, São Cristóvão, Laranjeiras, Itaporanga D’Ajuda, Japaratuba e Muribeca, demonstrando que a Maternidade Municipal Lourdes Nogueira já é devidamente reconhecida, não só pela população aracajuana, como de todo o estado”, revela.

A Maternidade Municipal Lourdes Nogueira atende 24 horas por dia, todos os dias da semana, e está localizada na rua Procurador José Costa Cavalcante, 64, bairro 17 de Março. O telefone de contato é o (79) 3142-2776.