UPAS de Caucaia: pacientes com suspeita de AVC recebem atendimento médico em menos de dez minutos

30 de junho de 2023

Confira também as nossas redes sociais:

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAS) de Caucaia, administradas pelo Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde (INTS), adotaram o protocolo de Acidente Vascular Cerebral para padronizar o atendimento de pacientes com casos suspeitos de AVC. Seguindo condutas de padrões internacionais, o protocolo auxilia no reconhecimento da doença, reduz o tempo para atendimento dos pacientes com casos suspeitos e orienta aos profissionais para as condutas terapêuticas.

Na UPA do Centro, após a implantação do protocolo, o tempo médio de espera de pacientes com suspeita, tem sido abaixo de dez minutos para a assistência médica. A agilidade após os primeiros sintomas de AVC é essencial para garantir o menor risco de morte e sequelas. A implantação do protocolo, aplicado pelo INTS, pré estabelece condutas e padrões que seguem orientações internacionais como a escala de Cincinnati. Com a estruturação do fluxo de atendimento, as equipes das UPAS foram capacitadas para identificar de forma precoce os sinais sugestivos de AVC.

“Ao chegar na unidade o paciente passa pelo acolhimento e em seguida é direcionado para a triagem clínica onde o enfermeiro identifica os sintomas e abre o protocolo de AVC de acordo com a suspeita. Rapidamente o profissional de saúde encaminha para o médico do plantão que complementa a avaliação com o exame físico neurológico mais apropriado e, caso permaneça a suspeita de AVC, o SAMU será acionado para conduzir o paciente ao hospital que oferece o tratamento especializado”, explica Roberto Mendes, médico e diretor técnico da UPA do Centro.

Ainda de acordo com o médico, a busca pela unidade de saúde é essencial e deve acontecer o mais rápido possível. “O ideal é que aos primeiros sintomas a pessoa que tem a suspeita de AVC procure uma unidade de saúde de urgência e emergência, pois os estudos mostram que o tratamento iniciado até quatro horas após os primeiros sintomas apresentam uma alta taxa de recuperação e menos riscos de sequelas. É essencial para a boa recuperação correr contra o tempo desde o surgimento dos sintomas até o atendimento especializado”, detalha.

O que é o AVC?

O AVC, conhecido popularmente como derrame, é a morte de células do cérebro e pode acontecer de duas formas: hemorrágico ou isquêmico. No AVC hemorrágico há rompimento do vaso cerebral que provoca hemorragias e no isquêmico um coágulo de sangue impede a circulação de sangue e oxigênio. A prevenção é adotar medidas como controle de pressão arterial, diabetes, realizar atividade física com regularidade e fazer acompanhamento médico regular.

Alguns dos sinais do AVC são:

– Perda da força de um membro ou a sensibilidade,
– Desvio na boca ou perda da força muscular no rosto
– Dificuldade na fala ou no andar

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Caucaia oferecem serviços de urgência e emergência 24 horas por dia. Nos últimos seis meses, as UPAS registraram 59 protocolos abertos para pacientes com casos suspeitos de AVC.