A Unidade de Pronto Atendimento de Feira de Santana, sob a gestão do Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde (INTS), comemora 7 anos de dedicação e assistência à comunidade, nesta quarta-feira, 27 de setembro de 2023. Para celebrar a data foi realizado um culto ecumênico e uma confraternização na área externa da unidade. Ao longo desses sete anos, a UPA de Feira de Santana realizou mais de 432 mil atendimentos e acolheu mais de 379 mil pacientes. Além disso, foram realizados mais de 14.919 procedimentos de transferência (regulação), em média 695.057 exames laboratoriais e 112.011 exames de imagem.

O diretor da unidade, Tercio Michel, ressalta que administrar a UPA nos últimos anos têm sido uma tarefa cada vez mais desafiadora. “A superlotação da unidade e momentos inesperados trouxeram situações algumas vezes indesejadas. No entanto, temos uma equipe forte, coesa e dedicada na UPA de Feira de Santana e isso tem sido um fator determinante na superação desses obstáculos”, pontuou o diretor acrescentado “Creio que a comunidade de Feira de Santana já entendeu que nossa unidade tem um diferencial, que é a resolutividade. Por isso, estamos sempre atendendo acima da nossa capacidade física da unidade. O que realmente nos importa é saber que iremos sempre prestar atendimento ao paciente.”

A UPA estadual de Feira de Santana é equipada com 24 leitos, sendo 4 para pacientes críticos, 12 leitos de observação adulta, 6 pediátricos e 2 de isolamento. Além disso, a unidade conta com salas dedicadas à administração de medicamentos para adultos e pediátricos, classificação de risco. Com um laboratório de análises clínicas e a capacidade de realizar exames de bioimagem, como raio-x digital e ultrassonografia.

O diretor-médico da UPA, Dr. José Luiz, informa que a unidade oferece uma gama completa de serviços médicos de ortopedia, pediatria, clínica médica e cirurgia geral para atender às necessidades da comunidade. “Mas, vale sempre ressaltar nos casos com menor complexidade, a recomendação é que os pacientes sejam atendidos nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Unidades de Saúde da Família (USFs). As pequenas urgências procurar as unidades de pronto atendimento mais próximas as suas casas. Desta forma iremos dar assistência aos pacientes de urgência e emergência, nosso perfil de pacientes”, orientou o médico.