Maternidade Municipal Lourdes Nogueira promove acolhimento e palestra motivacional celebrando o “Dia Internacional da Mulher”

22 de abril de 2024

Confira também as nossas redes sociais:

Um ciclo completo de abordagem humanizada oferecido às parturientes e um ambiente que busca cada vez mais motivar os colaboradores a aperfeiçoar a atuação na prestação dos serviços de saúde na unidade. Essa tem sido a métrica buscada na operação da Maternidade Municipal Lourdes Nogueira (MMLN), e que foi evidenciada na programação alusiva ao “Dia Internacional da Mulher”. A ornamentação temática na alimentação das pacientes e uma palestra motivacional integraram a programação do dia.

Através da equipe de Nutrição, a alimentação oferecida foi decorada com elementos remetendo ao carinho e acolhimento que as parturientes encontram na unidade, além de serem ofertados alguns alimentos específicos para quem não possui restrição alimentar. Também foi montado um espaço de acolhimento simbolizando a data, onde as colaboradoras fizeram fotos num cenário que buscou remeter ao carinho, acolhimento e motivação que cada mulher pode representar para outras.
A programação contou ainda com a palestra “O Poder do Autoconhecimento e da Autotransformação”, conduzido pela pedagoga e psicoterapeuta transpessoal, Janaína Cavalcante, que exerce a função de diretora de Atenção à Saúde na Secretaria Municipal da Saúde, que propôs dinâmicas envolvendo a compreensão evolutiva do papel da mulher na sociedade atual. “Falamos da importância da autotransformação e do autocuidado, para que elas se fortaleçam cada vez mais, ocupando seus espaços de direito e dever como prioridade, sendo a melhor escolha de cada uma delas”, destacou Janaína.

Autovalorização
Para a enfermeira administrativa da MMLN, Rafaela Xavier, evidenciar a importância da mulher na sociedade atual é um ponto chave para balizar o necessário processo de evolução. “Como foi mostrado aqui, nós mulheres somos desafiadas do ponto de vista pessoal e profissional constantemente. A apresentação de hoje nos mostrou que devemos abrir caminhos buscando nosso autoconhecimento, nossa autopreservação e autovalorização, dinamizando nossas potencialidades e evidenciando que nunca fomos sexo frágil”, afirmou.

A diretora geral da MMLN, Rita de Cássia Leal, destacou uma preocupação constante em buscar motivar o corpo de colaboradores, aperfeiçoando a atuação da unidade. “Nossa meta é promover reflexões, capacitações e treinamentos para buscar o melhor que cada um e cada uma pode oferecer. Aqui nós atendemos às mulheres numa das mais desafiadoras missões da vida, que é a maternidade. E vamos buscar fazer isso cada vez melhor”, evidenciou.

Hospital Guarapiranga apresenta quatro trabalhos no COSEMS 2024

Hospital Guarapiranga apresenta quatro trabalhos no COSEMS 2024

Unidade municipal de saúde conta com quatro projetos na 20ª Mostra de Experiências Exitosas dos Municípios O Hospital Municipal Guarapiranga, unidade da Secretaria Municipal de Saúde, gerenciada pelo Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde (INTS), apresenta, entre os...

ler mais