Paciente recebe parabéns, música e festa de aniversário no Hugo

Paciente recebe parabéns, música e festa de aniversário no Hugo

Maicon Rodrigo de Almeida, de 26 anos, chegou ao Hospital Estadual de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz após sofre fraturas no rosto em acidente de trânsito

O paciente Maicon Rodrigo de Almeida, que nasceu no dia 8 de outubro de 1995, completou hoje 26 anos. Internado no Hospital Estadual de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) desde o dia 12 de setembro para tratamento de fraturas múltiplas nos ossos do crânio e da face, o jovem foi surpreendido com uma festa de aniversário realizada pela equipe multiprofissional da unidade de saúde.

Levado ao Hugo após um acidente de trânsito, o morador de Aparecida de Goiânia percebeu a chegada da equipe do hospital em seu leito na clínica médica quando ouviu os primeiros versos da música “Parabéns da Xuxa” passarem pela porta. Acompanhados de uma faixa escrito “feliz aniversário”, os profissionais da unidade cantaram para Maicon. Além do típico “Parabéns Pra Você”, “Raridade”, do cantor Anderson Freire, ajudou a animar a festa do paciente.

Ferido em um acidente de trânsito, Maicon sofreu fraturas múltiplas nos ossos do crânio e da face. O paciente foi submetido a cirurgias de reconstrução e reconstituição de parte do rosto realizadas pela equipe de cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial do Hugo. Enquanto passa pelo período de cicatrização pós-operatória, o paciente teve uma manhã de alegria e comemoração dos 26 anos de vida.

De acordo com a psicóloga Mônica Lélis, o simbolismo da ação de comemorar o aniversário do paciente internado no Hugo está em fazer o paciente se sentir importante. “Mesmo estando longe da família, ele se sente cuidado pela equipe da unidade de saúde”, afirma a psicóloga. É um momento de elevar a autoestima da pessoa internada, segundo Mônica. “São pequenos gestos que fazem a diferença na vida do paciente”, observa.

 

Ação de Mamografia marca o Outubro Rosa em Dias D´Ávila

Ação de Mamografia marca o Outubro Rosa em Dias D´Ávila

No mês de maior apelo de combate ao câncer de mama, o Núcleo de Promoção à Saúde (NPS), do INTS, realizou a Ação de Mamografia, nos últimos dias 05 e 06 de outubro, em Dias D´Ávila, na região metropolitana de Salvador. Cerca de 180 mulheres foram beneficiadas com o exame gratuito de mamografia. Em alusão à campanha nacional Outubro Rosa, o NPS também proporcionou o um momento SPA, com massagens terapêuticas, auriculoterapia e ventosa, além da distribuição de lanches e brindes para todas as pacientes.

Em virtude da pandemia, a atividade conta com a distribuição prévia de senhas para evitar aglomeração, além de adotar uma série de medidas de prevenção para garantir a segurança de todos os pacientes e profissionais envolvidos. O uso obrigatório de máscara, aferição de temperatura, espaçamento entre as cadeiras, o uso dos equipamentos de proteção individual recomendado para os profissionais atuantes na ação, disponibilização de álcool em gel 70% e higienização frequente das mesas, cadeiras, canetas e equipamentos são algumas das atitudes tomadas.

 

Hugo moderniza centro cirúrgico com novos equipamentos

Hugo moderniza centro cirúrgico com novos equipamentos

Aparelhos de anestesia, focos e mesas cirúrgicos estão entre os itens adquiridos para ampliar e melhorar a capacidade de procedimentos médicos realizados no hospital

O centro cirúrgico do Hospital Estadual de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) passa a contar com novos equipamentos para utilização da equipe médica no tratamento dos pacientes. Na manhã desta quinta-feira, 7, a unidade de saúde recebeu parte de um total de dez aparelhos de anestesia com monitor radiotransparente, dez mesas cirúrgicas, um sistema de videolaparoscopia, dez focos cirúrgicos, dez bisturis eletrônicos, seis módulos de capnografia, 18 aspiradores de secreção, quatro eletrocardiógrafos, 12 oxímetros e dez conjuntos de corte, perfuração e entalhe (drill e craniótomo).

Na tarde de hoje, os equipamentos começaram a ser usados no centro cirúrgico. A operação de um paciente do Hugo usou um dos novos focos cirúrgicos e um aparelho de anestesia com monitor radiotransparente entregue na manhã desta quinta-feira. De acordo com a equipe de saúde que utilizava os equipamentos, o ganho em iluminação com o novo foco cirúrgico é grande. Já o modelo de anestesia é uma atualização do antigo, com melhor calibragem, explica a residente em anestesia do Hugo, Alana Vasconcelos.

O ortopedista Pedro Felipe explica que o ganho durante o procedimento operatório com uma mesa cirúrgica radiotransparente ocorre não só no tempo, mas na comodidade. “Na mesa cirúrgica antiga, nós precisávamos mover o paciente na hora de fazer uma radiografia.  E aumenta o risco de contaminação, de ocorrer um acidente, como a queda de um paciente da maca. Na mesa radiotransparente não. Ela é fundamental. Nós não precisamos movimentar o corpo da pessoa que passa pela cirurgia”, explica o médico.

De acordo com a enfermeira Luciane Brito, toda melhoria que chega ao centro cirúrgico é bem-vinda. A profissional descreve o quanto é importante renovar os equipamentos, o que facilita a atuação da equipe na hora de uma cirurgia e traz um ganho para o paciente. “Como 90% dos procedimentos cirúrgicos aqui são de ortopedia, a mesa cirúrgica radiotransparente ajuda muito”, afirma a técnica de enfermagem Lucy Rios.

Para o anestesista Paulo Roberto, o foco cirúrgico novo já representou um grande ganho na qualidade do procedimento operatório. “O foco é excelente”, define Paulo Roberto. Segundo Pedro D’Angellys, técnico em equipamentos biomédicos do centro cirúrgico, a mesa cirúrgica radiotransparente não deixa que a imagem sofra interferência. “Na mesa de chapa de metal, a radiografia apresenta uma diferença inferior de qualidade. Nas novas mesas, o processo do arco cirúrgico (produção de imagens em tempo real) é bem melhor.”

Equipamentos modernos

O diretor-geral do Hugo, Flamarion da Silva Lucas, afirma que a chegada dos equipamentos proporciona a melhoria da qualidade do serviço hospitalar oferecido pela unidade aos seus pacientes. “São itens modernos que vão melhorar muito a qualidade dos procedimentos de nossos médicos-cirurgiões, com o fornecimento de melhores condições de trabalho. Isso é fundamental para o profissional em um centro cirúrgico”, destaca Flamarion.

Para o diretor-geral do Hospital de Urgências de Goiás, renovar os itens disponíveis aos profissionais da unidade possibilita que o Hugo dê mais celeridade aos procedimentos e consiga, por exemplo, realizar mais cirurgias. “Tudo isso com maior segurança para o paciente, toda a equipe de saúde que atua na unidade e que está fazendo aquele procedimento.”

Renovação do parque tecnológico

De acordo com o diretor técnico do Hugo, André Luiz Braga, a importância da chegada de equipamentos com tecnologia mais moderna como os novos focos cirúrgicos e os aparelhos de anestesia está na busca daquilo que há de mais novo e que pode proporcionar mais segurança na hora de anestesiar e fazer uma cirurgia em um paciente.

“Nós estamos constantemente avaliando o parque tecnológico, buscando novas aquisições e implantando novas tecnologias de conformidade com a nossa necessidade e a complexidade do serviço prestado dentro da unidade”, pontua o diretor técnico do Hugo.

Do ponto de vista organizacional da unidade, Flamarion diz que os novos equipamentos darão condições de aumentar a oferta de procedimentos cirúrgicos, o que será possível de notar nos próximos meses no Hugo.

“Desde que o INTS [Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde] chegou à unidade, planejamos a melhoria das condições de trabalho dos profissionais que atuam no hospital. Buscamos atender a necessidade de modernizar o centro cirúrgico, adequar as condições de atendimento, com o devido cumprimento das resoluções de diretoria colegiada (RDCs) da Anvisa [Agência Nacional de Vigilância Sanitária]. Como primeiro passo, estamos fazendo a modernização dos equipamentos”, explica Flamarion.

 

 

1000 pessoas de Dias D’ávila são beneficiadas com a Ação Alimentação e Nutrição

1000 pessoas de Dias D’ávila são beneficiadas com a Ação Alimentação e Nutrição

Entre os dias 28 e 30 de setembro, integrantes da Associação Beneficente, Recreativa, Artística, Cultural e Educativa de Dias D’ávila (Abrced), na região metropolitana de Salvador, foram beneficiados com a Ação Alimentação e Nutrição, do Núcleo de Promoção à Saúde (NPS), do INTS.  A atividade registrou a participação de 1000 pessoas e contou com exame gratuito de bioimpedância, consulta com nutricionista e distribuição de lanches.

Paciente presenteia enfermeira do Hugo com tapete de crochê

Paciente presenteia enfermeira do Hugo com tapete de crochê

Trabalho manual é estimulado para passar o tempo, diminuir a ansiedade e estresse com atividades durante a internação

A enfermeira Katianne Cerqueira ficou muito feliz na manhã de hoje durante a rotina de cuidado com os pacientes do segundo andar do Hospital Estadual de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz (Hugo). A paciente Marli de Fátima Rosa, de 60 anos, presenteou Katianne com um tapete de crochê verde e vermelho. O objeto foi costurado por Marli na enfermaria do Hugo. De acordo com a psicóloga Mônica Lélis, o estímulo à atividade manual no ambiente hospitalar ajuda o paciente. “É uma arte-terapia para diminuir a ansiedade e ajudar no tratamento.”

Mônica destaque os trabalhos manuais ocupam a mente e o corpo. “É importância porque o paciente fica menos estressado, menos ansioso e o tempo passa mais rápido. É um benefício que o paciente tem no hospital quando consegue ocupar a mente fazendo qualquer atividade”, explica a psicóloga.

A vontade de Marli de costurar o tapete de crochê veio por conta própria. Mônica diz que houve uma sugestão para que a paciente desenvolvesse alguma atividade para ela passar o tempo, com um exercício cognitivo. “Como ela já sabia, dona Marli escolheu fazer o crochê.”

Com suspeita de câncer no intestino, Marli já esteve internada no Hugo em junho. Na semana passada, ela foi pedida em casamento pelo marido, Alencar Inácio da Silva, de 46 anos. Os dois moram juntos em Pires do Rio há 28 anos, mas nunca tiveram uma cerimônia de casamento, que é um sonho de Marli.

Carinho

“Como tem tempo que estamos juntas no Hugo, ela adquiriu um carinho por mim. Sempre lembra do meu nome, gosta de conversar”, conta Katianne sobre a rotina de Marli na internação. A enfermeira afirma que adorou ganhar o tapete que a paciente costurou durante o tratamento na enfermaria do Hugo. “Outras pessoas tinham pedido, mas ela quis me dar”, agradece.

Para Katianne, quando isso acontece, de um profissional de saúde ser reconhecido pelo bom atendimento ao paciente, é algo gratificante. “Porque sentimos que estamos no caminho certo para um bom cuidado e fazendo a diferença na evolução do paciente. Fico muito feliz”, destaca a enfermeira.