Ministério das Relações Exteriores, o Itamaraty, presta homenagem ao Hospital Espanhol

Ministério das Relações Exteriores, o Itamaraty, presta homenagem ao Hospital Espanhol

Na tarde chuvosa da última sexta-feira (18), na Sala de Acolhimento ao Familiar do Paciente, no Hospital Espanhol, choveu emoção e gratidão dos seus Colaboradores. O motivo foi a homenagem que receberam do Ministério das Relações Exteriores – Itamaraty, pela atuação contínua, no atendimento às pessoas contaminadas pela Covid, desde abril de 2020. Nestes dois anos e sete meses de trabalho, quase 5 mil vidas já foram salvas da doença, pelos profissionais de saúde do HE.

A cerimônia foi promovida pelo representante do Itamaraty, o Diplomata e Conselheiro Celso de Arruda França, e organizada pelo Hospital Espanhol. Na oportunidade, o Diplomata fez a entrega de um desenho feito por duas crianças brasileiras que residem em Xangai, na China, para heróis brasileiros da saúde, motivando-os e os agradecendo por enfrentarem a pandemia. Sayiuri, de 12 anos, e Enzo, de 4 anos, foram os autores do desenho a duas mãos.

“Na Bahia, apenas o Hospital Espanhol está recebendo esta homenagem. Exatamente por ser a Unidade referência no enfrentamento à pandemia. A homenagem é, sobretudo, o reconhecimento de profissionais que trabalham com o tema da cooperação humanitária, assim como a Diplomacia. Neste contexto de incentivo e apoio, uma comunidade de brasileiros que residem em Xangai mobilizou suas crianças para fazerem desenhos destinados a profissionais da saúde no Brasil. E hoje estamos aqui, simbolicamente, com o desenho, trazendo o reconhecimento e o apoio de brasileiros no exterior” – explicou o Diplomata Celso de Arruda França. Ele fez a entrega do desenho ao Coordenador de UTI do HE, o Enfermeiro Adson Montes, e ao Gerente Médico do HE, Dr Leonardo Azevedo, ambos representando as centenas de Colaboradores que atuam no Hospital Espanhol.

Gestores do INTS estiveram presentes à cerimônia: o Presidente, José Urpia, o Gerente de Contratos, Fábio Finamori, e a Gerente de Comunicação, Joana Maltez. Cerca de 40 colaboradores do Hospital Espanhol participaram da homenagem que receberam, enquanto outras dezenas, permaneceram nos seus postos de trabalho, no plantão daquele dia, quando a Unidade já apresentava uma taxa de ocupação acima de 90%, sinalizando a chegada de mais uma onda da Covid.

Coroação de uma luta

O Presidente do INTS, José Urpia, disse sentir-se orgulhoso em prestigiar o evento promovido pelo Itamaraty para homenagear o Hospital Espanhol. “Este reconhecimento vem coroar a luta dos profissionais do INTS que juntos têm enfrentado a Covid com um trabalho de excelência. Vivemos momentos muito difíceis. Mas pior seriam, se a população baiana não tivesse a chance de contar com um serviço de assistência de qualidade como este. Infelizmente, uma nova onda está surgindo. Estamos preparados para enfrentá-la. E por isso que estou aqui hoje, para fortalecer o nosso time!” – explicou Urpia.

Falaram em nome do Hospital, a Diretora-geral, Sílvia Herranz e o Diretor Médico, o infectologista Roberto Badaró, que ressaltou a representatividade do desenho ter vindo de crianças residentes na primeira cidade do mundo a ser vítima da Covid, Xangai. E de ter chegado até o Hospital Espanhol, exatamente, quando a sua equipe de profissionais prepara-se para enfrentar a 5ª onda da doença, estruturando-se para dobrar o número de leitos disponíveis.

“Nós estamos muito felizes com esta representatividade e reconhecimento. De forma lúdica, e singela, nos abraçou e afagou. A equipe assistencial, sobretudo, chegou a uma exaustão, enfrentando o medo do desconhecido. Ao longo de mais de dois anos de trabalho, fomos amadurecendo em todos os sentidos, lutando por um mundo melhor. De certa forma, às crianças que representam o futuro, chegaram até aqui com os seus desenhos, fortalecendo a nossa equipe que segue trabalhando arduamente, dia a dia, para este futuro” – externou com emoção a Diretora-geral do Hospital Espanhol.

O evento foi encerrado ao som do violão do musicoterapeuta Marcos Barbosa e do violino do Auxiliar Administrativo Gabriel Alexandre que tocaram a música “Aquarela”, de Toquinho, bem temática de acordo com a cerimônia. A música é referência terapêutica no Hospital Espanhol, desde maio de 2020, e também se fez presente no recebimento da arte das crianças chinesas que presentearam nossos guerreiros da saúde!

Unidade de Guarapiranga promove segurança no trabalho com clima de Copa do Mundo

Unidade de Guarapiranga promove segurança no trabalho com clima de Copa do Mundo

No ritmo da Copa do Mundo, a equipe da Comissão Interna de Prevenção a Acidentes (CIPA) do Hospital Municipal de Guarapiranga organizou, para este mês de novembro, evento de orientação para os colaboradores com foco na Segurança do Trabalho.

Com decoração temática de futebol, em celebração à Seleção Brasileira, o espaço de convivência dos colaboradores foi decorado com fitas, bexigas, arcos de balões e painéis com frases orientativas para os sobre os temas que serão abordados ao longo de três semanas. 

A cada semana um tema específico é trabalhado. Na primeira semana o foco é nos “Adornos nos Postos de Trabalho”; na segunda, será a vez de falar sobre “Quedas nos Locais de Trabalho”; e na terceira semana sobre “A Importância Devida do Uso de EPI’s nas Áreas de Risco”.

O evento irá durar até o final da Copa do Mundo, aproveitando ao máximo o clima festivo para ajudar a promover conscientização com mais ludicidade.

Prevenção a prematuridade; obstetra destaca importância do pré-natal

Prevenção a prematuridade; obstetra destaca importância do pré-natal

Um bebê é considerado prematuro quando nasce antes da 37º semana de gestação. A prematuridade pode ser evitada com acompanhamento profissional, exames e consultas durante o pré-natal. Na Maternidade Santa Terezinha, unidade de saúde da Prefeitura Municipal de Caucaia, gerida pelo Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde – INTS, as gestantes recebem acompanhamento para pré-natal de alto risco e prevenção de parto prematuro.

O obstetra da maternidade, Ângelo Araújo, explica que as pacientes fumantes, diabéticas ou com problemas no colo do útero têm uma maior tendência a ter parto prematuro e por isso o início precoce do pré-natal é fundamental. “Aquelas pacientes com risco de prematuridade, as consultas pré-natal são feitas em intervalo bem menor. Nesses casos, são adotadas ainda medidas profiláticas com o uso de medicações para melhorar a capacidade pulmonar do bebê, evitando assim que seja necessário uma internação na UTI neonatal”, explica.

A Organização Mundial da Saúde – OMS, recomenda que a gestante realize pelo menos seis consultas de pré-natal (uma no primeiro trimestre da gravidez, duas no segundo e três no terceiro) para garantir uma gestação saudável. O obstetra destaca que algumas causas de prematuridade podem ser evitadas durante o acompanhamento da gestação. “Algumas patologias como diabetes, hipertensão e incompetência istmocervical (doença no colo do útero que provoca abortos) podem ser diagnosticadas e tratadas. Um procedimento chamado de cerclagem uterina é realizado para “fechar o colo” e impedir o rompimento da bolsa”, conta.

A maternidade oferece também apoio com equipe multidisciplinar para casos de diabetes gestacional e hipertensão. Além das consultas clínicas, as mulheres são acompanhadas por nutricionistas que orientam sobre alimentação e hábitos saudáveis.

O parto prematuro pode acontecer ainda por indicação de intervenção cirúrgica de cesariana. Para garantir a segurança da mãe e do bebê, mulheres hipertensas que desenvolvem pré-eclâmpsia na gestação, podem ter o parto realizado antes das 37º semanas. O especialista ressalta que existem medidas preventivas. “As mulheres com histórico de pré-eclâmpsia, hoje em dia chamada de síndrome hipertensiva específica da gravidez, existe uma profilaxia que você pode fazer com alguns medicamentos para evitar a recorrência dessa patologia”, disse Ângelo Araújo.

Na Maternidade Santa Terezinha, as gestantes recebem assistência para pré-natal de alto risco, com consultas e realização de exames para investigar a condição de saúde da mãe e do bebê. “São diversos exames para diagnosticar alguma Infecção Sexualmente Transmissível – IST, algum problema tireoidiano, entre outros exames, para avaliar todo o quadro clínico da paciente, se existe alguma patologia que a gente possa tratar clinicamente evitando complicações e malformação do bebê”, explica.

Assistência 24h

A Maternidade Santa Terezinha funciona 24h e atende pacientes do município de Caucaia e nove cidades do interior do Ceará. Cerca de 1.200 mulheres por mês, são assistidas pela unidade que oferece serviços de obstetrícia, ginecologia, atendimento ambulatorial e exames de imagem. A maternidade conta com uma equipe multidisciplinar formada por neonatologistas, cirurgiões pediátricos, obstetras, ginecologistas, oftalmologistas, dentista, anestesistas, enfermeiros neonatologistas, técnicos de enfermagem, nutricionistas, farmacêuticos, fonoaudiólogos, assistentes sociais e psicólogos. As gestantes recebem também assistência para parto humanizado com serviços de arte na barriga das gestantes, entrega do certificado e do primeiro registro dos recém-nascidos com imagem da placenta.

Novembro Azul: ação social do INTS reforça necessidade de atenção ao homem

Novembro Azul: ação social do INTS reforça necessidade de atenção ao homem

Com tema “Alimentação e Saúde do Homem”, o Instituto de Responsabilidade Social INTS (IRSI) realizou a ação Novembro Azul, na última terça-feira (22). O mutirão de saúde contemplou os acolhidos e colaboradores da Associação Pleno Cidadão (Aspec), das unidades ‘Casal’ e ‘Homem’, localizada no bairro da Ribeira, em Salvador.

Durante a tarde, foram oferecidas orientações acerca do câncer de próstata, saúde bucal, alimentação e saúde do homem. Além de serviços, como testes rápidos de HIV, Hepatite B e Sífilis, aferição de pressão arterial e glicemia, auriculoterapia, massoterapia e ventosoterapia.

De acordo com Edilio Mattos, coordenador da Aspec Ribeira, a atividade atingiu o objetivo ao ofertar esses serviços à população acolhida na unidade. “A Ação, referente ao Novembro Azul, foi uma atividade bem pensada e organizada. Favoreceu para a potencialização dos assistidos e colaboradores das unidades da Aspec, o desenvolvimento do cuidado da saúde de forma integral. Foi um momento oportuno de reflexão sobre a importância de trabalhar com a prevenção e promoção da nossa saúde”, comemora.

Para Richard Correia, 54, acolhido pela Aspec, a ação teve uma relevância singular em sua vida. “A atividade foi muito enriquecedora porque nunca tive orientações sobre o câncer de próstata. Conseguiu despertar meu interesse sobre o cuidado com a saúde do homem e, também, me deixou mais preparado para o futuro”.

Na ocasião, também houve distribuição de lanche e corte de cabelo, visando o estímulo da autoestima dos participantes. E, durante as palestras, os assistidos também receberam kits de higiene e Nutrialbum com tema da copa. Além dos voluntários do IRSI, participaram da ação os parceiros das Obras Sociais Missionários da Compaixão e da Barbearia Barber Shop Andrade.

Prêmio Benchmarking 2022: IRSI garante primeiro lugar na categoria Pesquisa Assistencial

Prêmio Benchmarking 2022: IRSI garante primeiro lugar na categoria Pesquisa Assistencial

O projeto Saúde Bucal, iniciado em 2014, assiste mais de 13 mil crianças de 32 escolas municipais do Subúrbio Ferroviário

Na última terça-feira (22), o Instituto de Responsabilidade Social INTS (IRSI) conquistou o primeiro lugar do Prêmio Benchmarking 2022, na categoria Pesquisa Assistencial, realizado pela Federação das Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas do Estado da Bahia (FESFBA). O projeto premiado foi o de Saúde Bucal, que assiste mais de 13 mil crianças, de cinco a 12 anos, em 32 escolas municipais do Subúrbio Ferroviário de Salvador e 16 instituições ou associações filantrópicas, de forma gratuita, desde 2014.

As ações contemplam palestras, doação de kits de higiene oral, orientação de escovação, escovação supervisionada e exame epidemiológico individual de cada criança. Tudo realizado de forma lúdica, com jalecos personalizados para o público infantil e dinâmicas adequadas para cada idade. De acordo com a coordenadora, Micaelle Fernandes, quando é observada a necessidade de tratamento dentário, a criança é encaminhada para o consultório próprio do projeto, localizado na Associação Obras Sociais Mãe Rainha, em Alto de Coutos. Lá, dentistas especializados realizam procedimentos como limpeza, restaurações, canais de dentes de leite, extrações.

Micaelle definiu como muito gratificante o reconhecimento do projeto a nível estadual. “Estamos trabalhando nessa missão desde 2014, e hoje temos a confirmação de que tudo valeu a pena e estamos no caminho certo. É necessário um calibrar diário da equipe e se reinventar constantemente para sermos um projeto de fato especial e merecedor deste prêmio e de muitos que virão”.

Dentre os 48 projetos inscritos para participar da premiação, quatro cases foram do Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde (INTS), sendo eles: Saúde Bucal, Ação de Nutrição, Torneio de Segurança do Paciente e Informatização dos Processos Corporativos. De acordo com a FESFBA, a Benchmarking é o método sistemático de procurar processos exitosos, ideias inovadoras e procedimentos de operação mais eficazes para melhoria de desempenho para ser compartilhada com outras instituições ou pessoas.

O Prêmio Benchmarking tem como objetivo principal proporcionar a troca de experiências entre os associados através de apresentações dos cases exitosos, além de despertar nas instituições o intercâmbio de ideias. Estiveram presentes participando das apresentações e na recepção do prêmio: Taneide Lago, gerente de Compliance e Qualidade do INTS; Tatiane Florentino, supervisora de Enfermagem e apresentadora do case Torneio de Segurança do Paciente; Cíntia Santos, coordenadora de Relações Institucionais do INTS; Micaelle Fernandes, coordenadora do projeto de Saúde Bucal do IRSI e apresentadora do case Saúde Bucal; Francisco Barros, especialista de Projetos e apresentador do case Integração de Processos Corporativos; e Júlia Uzêda, Nutricionista do IRSI e apresentadora do projeto de Nutrição.