No mês de prevenção ao suicídio e estímulo à doação de órgãos, INTS lança campanha de valorização da vida

No mês de prevenção ao suicídio e estímulo à doação de órgãos, INTS lança campanha de valorização da vida

Com a tag #INTSpelaVida, o Instituto promoverá série de ações para conscientizar colaboradores e públicos atendidos nas unidades de saúde na BA, CE e SP.

Por muito tempo, acreditou-se que falar sobre suicídio era gatilho para que mais pessoas chegassem ao ato extremo de pôr fim à própria vida. Hoje, no entanto, é ponto pacífico entre as principais organizações e autoridades científicas que a prevenção do suicídio passa necessariamente pela discussão e disseminação de informações sobre o tema.

O diálogo também ajuda a dar continuidade à vida a partir de outro tema: doação de órgãos. Segundo dados da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (Abto), no último ano caiu o número de doadores em todo país. Após o falecimento, uma única pessoa pode doar mais de dez órgãos e tecidos, desde que haja autorização familiar.

Para estimular o debate sobre os dois temas, no mês de valorização da vida, quando se celebra o Setembro Amarelo (prevenção de suicídio) e Setembro Verde (doação de órgãos), o Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde (INTS) lança a campanha #INTSpelaVida, com uma série de ações e conteúdos de conscientização para seus colaboradores e públicos atendidos nas unidades de saúde pública que administra na Bahia, Ceará e São Paulo.

Para o Setembro Amarelo, além de cartazes e conteúdos nas redes sociais do Instituto, haverá a ação do “Pote da Gratidão”, que irá estimular os colaboradores a escrever motivos pelos quais são gratos na vida. As mensagens serão compartilhadas entre todos em ambientes comuns da sede e das unidades. O objetivo é estimular a conversa e os canais de apoio a quem precisa de ajuda psicológica profissional.

A partir da segunda quinzena do mês, as ações se voltarão para o Setembro Verde, quando haverá divulgação de conteúdos e depoimentos sobre doação de órgãos. Como para se tornar um doador basta que o indivíduo comunique a intenção aos seus familiares, o objetivo da campanha será a ampla conscientização sobre o tema.

Conteúdo para ouvir e compartilhar

A campanha #INSTpelaVida será marcada também pelo lançamento de três episódios temáticos do podcast Conexão INTS. Disponibilizado no Spotify e Youtube, a produção irá discutir no primeiro e segundo episódios a prevenção ao suicídio e a doação de órgãos, respectivamente, com profissionais da psicologia e medicina que atuam no Instituto.

Ainda no bojo da valorização da vida, o terceiro episódio irá abordar os 34 anos do Sistema Único de Saúde (SUS), como estrutura que garante assistência médica e social para brasileiros e estrangeiros que estejam em território nacional de forma gratuita.

A depressão é considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como o “Mal do Século”. Ela incita alterações fisiológicas no corpo, sendo porta de entrada para outras doenças, além da sensação de infelicidade crônica e prostração. Oscilação de humor e pensamentos são alguns comportamentos são também ocasionados pela depressão e podem indicar atos suicidas.

Ouça Agora:

 

Dia dos Pais é celebrado na sede e em diversas unidades do INTS

Dia dos Pais é celebrado na sede e em diversas unidades do INTS

Para celebrar a data em que se homenageia os pais, o INTS mobilizou seus colaboradores na sede e nas unidades por várias partes do Brasil em ações marcadas pela emoção. Em Salvador, funcionários da sede administrativa foram surpreendidos com mensagens em vídeo deixadas pelas suas famílias como forma de homenageá-los pela dedicação com a paternidade. 

Em São Paulo, no Hospital Municipal de Bertioga, foi realizado um evento de entrega de presentes para os colaboradores que são pais. Foram entregues canetas personalizadas de gravatas e uma mensagem de felicitações, desejando o melhor para os pais que se esforçam e se empenham na criação de seus filhos.

No Hospital Manoel Victorino (HMV) a data também não passou em branco. No dia 11 de agosto, a Comissão de Humanização da Assistência do HMV realizou um lanche em comemoração à data para os colaboradores no refeitório da unidade, com direito a bolo, pão delícia e coxinhas para celebrar a ocasião.

Vanderlan Almeida administrador hospitalar do HMV deixou em depoimento que achou “maravilhosa a iniciativa da equipe”. “É importante lembrar de nós, pais, que ficamos todos os dias longe dos filhos por conta do trabalho e ações como essas enchem nossos corações de alegria. Parabenizo a Comissão de Humanização e do HMV e que hajam outros eventos como este”, escreveu.

Homenagem em forma de música

Além dos colaboradores, no Hospital Espanhol, os pacientes internados que estão longe dos filhos também receberam homenagens pela data. Na tarde do dia 09 de agosto, o Coro da Polícia Militar se apresentou na área externa do Hospital para os profissionais de saúde da unidade. A apresentação dedicada aos pais, reuniu também quem é mãe e quem ainda não exerce a paternidade ou a maternidade, tornando o momento de descontração e integração.

“Em um cenário de COVID-19 e em um ambiente hospitalar especializado para a doença, qualquer tipo de reconhecimento ao colaborador é válido! Uma vez que fugimos um pouco da tensão do trabalho, uma tensão que nunca acaba nesta pandemia. E vamos para um momento de descontração, com risadas, abraços e sorrisos” – comentou Uener Silva, enfermeiro e Coordenador da UTI 2 do Hospital Espanhol, responsável pela ação.

Marcos Barbosa, musicoterapeuta do Hospital Espanhol, pai de um casal de filhos e com a caçulinha nascida durante a pandemia, pela primeira vez esteve como plateia, num evento musical do HE. “Como pai, me sinto muito abraçado por esta ação. Ser presenteado já é bom, ser presenteado com música é melhor ainda. Hoje, nós mudamos daquele lugar de atendimento às pessoas e passamos a ser atendidos” – refletiu o musicoterapeuta, responsável por resultados extremamente positivos da ação da música para pacientes e colaboradores do HE, nestes dois anos de funcionamento da unidade, como o maior Centro de Tratamento para Covid no estado da Bahia.

Pela 1ª, Programa de Desenvolvimento de Líderes é realizado em formato híbrido e transmitido para todo o Brasil

Pela 1ª, Programa de Desenvolvimento de Líderes é realizado em formato híbrido e transmitido para todo o Brasil

Na última quinta-feira (25), o primeiro módulo do Programa de Desenvolvimento de Líderes (PDL) do INTS teve início com palestra de Zeni Silva sobre comunicação assertiva e feedback. Este ano, pela primeira vez, líderes de todas as unidades sob contrato de gestão do Instituto participaram do treinamento.

Zeni Silva, palestrante do módulo 1 do PDL.

O PDL é dividido em quatro módulos: comunicação assertiva e feedback, visão sistêmica, gestão de tempo e produtividade e liderança inspiradora. A participação dos contratos nesse treinamento só foi possibilitada pelo seu novo formato, que agora acontece de forma híbrida, com o apoio dos setores de T.I. e Comunicação. O encontro aconteceu presencialmente em Salvador, para líderes da sede, e foi transmitido ao vivo para as unidades em todo o Brasil, que participaram enviando dúvidas e sugestões.

Segundo Zeni Silva, primeira palestrante do PDL, a proposta desse formato é trazer aos líderes, mesmo que à distância, uma experiência para gerar interação e sinergia, envolvendo as pessoas nesse processo de se tornar uma liderança. “Foi um evento inovador, é a primeira vez que esse modelo de treinamento acontece no Instituto e o mais bacana é que estejamos dispostos a fazer acontecer”, afirmou.

Novas experiências

Quando um ambiente de trabalho conta com bons líderes, os fluxos e a satisfação dos liderados melhoram consideravelmente. Leonardo Marques, supervisor de comunicação da sede, conta que a experiência do treinamento foi muito positiva, principalmente porque iniciou recentemente no Instituto. Para ele, essa é uma forma de alinhar suas expectativas aos propósitos da instituição. “Ter essa iniciação com os líderes da sede é uma ótima oportunidade para começar a estreitar os relacionamentos para construção de projetos futuros”, afirmou.

Recém chegado no INTS, supervisor de comunicação Leonardo Marques participou do treinamento para líderes.

O supervisor falou ainda sobre sua participação no processo de produção do PDL em parceria com outros setores do INTS. “Tivemos que montar todo esse cenário em uma parceria da Comunicação com a TI. Então, foram dias de teste para viabilizar tudo da melhor forma. É gratificante ver o resultado, ver tudo isso acontecendo”, finalizou.

Bárbara Silva, coordenadora do IRSI, participou mais uma vez do PDL e contou sobre o que achou da experiência do treinamento nesse novo formato: “Acho extremamente importante porque traz uma interação, engajamento, e o envolvimento das lideranças para que elas possam estar desenvolvendo competências para levar para os seus liderados. (…) E nesse novo formato eu acho que trouxe uma maior visibilidade para o próprio Instituto, porque tinha a questão de dizer que os outros contratos acabavam não sendo envolvidos, principalmente no desenvolvimento das lideranças, e esse formato, acho que até por conta da pandemia, esse formato on-line também fez com que fosse algo mais comum entre as pessoas”.

Coordenadora do IRSI, Bárbara Silva destacou a importância do evento.

Nos contratos, o treinamento também gerou comentários positivos. A supervisora administrativa do Hospital Espanhol, Djane Ribeiro, manifestou o seu interesse de que mais treinamentos como esse sejam realizados. “O PDL foi um treinamento maravilhoso! Bastante construtivo. Um tema leve, abordando a importância da comunicação assertiva e do feedback que fazem parte do nosso dia a dia, do dia a dia do gestor. As dúvidas foram sanadas no momento do treinamento”, comenta.

Sobre o evento, Zeni Silva ressaltou ainda que o PDL acontece pela primeira vez nos contratos pelo propósito do INTS em acreditar no desenvolvimento das pessoas. “Esse modelo veio pra ficar, ainda que aprimorando o processo. (…). Eu acredito muito no desenvolvimento dos colaboradores, e se a gente quer fazer a diferença nas organizações a gente precisa capacitar cada vez mais os líderes, porque eles são os guardiões dos nossos pilares e dos nossos valores. Então, quando a gente capacita os nossos líderes, os conectamos com os nossos propósitos e fazemos com que eles repliquem isso para os mais de 10 mil colaboradores que temos no INTS. Esse tipo de treinamento é de suma importância para que a organização permaneça viva. Eu tenho falado muito sobre cultura, sobre desenvolvimento e se a gente não executa isso a gente falha, porque é através do desenvolvimento de pessoas que os negócios e organizações evoluem”, destacou Zeni.

Confira a galeria de fotos do evento:


Programa de Desenvolvimento de Líderes | INTS 2022

Humanização e aperfeiçoamento tecnológico marcam gestão do INTS em unidades de saúde na Bahia

Humanização e aperfeiçoamento tecnológico marcam gestão do INTS em unidades de saúde na Bahia

Impulsionado pela visão institucional de ser referência na gestão de serviços de saúde, educação e ações sociais, o Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde (INTS) disponibiliza nas unidades sob sua administração ferramentas e sistemas informatizados que qualificam o atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), além de cultivar entre seus colaboradores práticas de humanização com projetos que ajudam no acolhimento assistencial e vão além das responsabilidades contratuais. 

No Hospital Manoel Victorino (HMV), em Salvador, a equipe de Tecnologia da Informação desenvolveu o projeto denominado “TI Ensina”, voltado para treinar os colaboradores na utilização dos recursos tecnológicos disponíveis, o que permite melhor aproveitamento destas ferramentas no dia a dia da unidade. Os treinamentos são disponibilizados em formato de videoaulas narradas de até dois minutos para cada tema. 

“Quando o INTS assumiu a gestão do HMV implantou uma infinidade de sistemas com tantas funcionalidades, para mim foi uma agradável surpresa e me senti provocado em buscar formas de contribuir para que estes recursos fossem bem aproveitados por todos os usuários”, conta Kelvin Alves, colaborador da TI e idealizador do projeto.  

Também em Salvador, desde 2020, colaboradores do Hospital Espanhol, referência no tratamento à Covid-19, criaram a Comissão de Cuidados Paliativos que atua de forma integrativa através de assistência multiprofissional, visando atender as necessidades e singularidades de cada paciente. “Os treinamentos contínuos possibilitam atualização de boas práticas assistenciais, com foco no ser humano e qualidade de vida, resultando em ganhos secundários através de planos de cuidados bem definidos”, explica Elane Reis, gerente de enfermagem da unidade. 

Eficiência na gestão

A partir de análises de números como taxas de alta e infecção hospitalares, mensalmente os líderes do Hospital Espanhol se reúnem para discutir os desafios e propor ações que melhorem a assistência prestada aos pacientes e que contribuam também para a manutenção de um bom clima organizacional. 

De acordo com Ana Patrícia Viana colaboradora do INTS, ao longo de dois anos de atuação no Espanhol, foram implantadas diversas ferramentas de gestão como Ciclo PDCA, Análise SWOT, 5W2H e o método Kamishibai, o que proporcionou melhorias nas entregas operacionais  estratégicas.  “Nossos líderes são agentes multiplicadores que mobilizam e escutam suas equipes. Hoje temos fluxos maduros, condutas bem estabelecidas e protocolos institucionais”, destacou Ana Patrícia.

IRSI: Ação de Saúde Bucal continua no mês de agosto

IRSI: Ação de Saúde Bucal continua no mês de agosto

O IRSI continua com mais um mês de execução de sua ação de saúde bucal, procurando auxiliar estudantes jovens com sua higiene e promover os hábitos saudáveis para seus dentes durante seu crescimento. No mês de agosto, voltaram para as escolas visitadas na primeira ação de 2022, em busca dos alunos que não participaram na edição anterior, para não os deixar sem auxílio e materiais. Foram revisitados o ESCOLAB Subúrbio 360 (04/08); Escola Municipal Bela Vista do Lobato (08/08); CMEI Mário Altenfelder (09/08); Escola Municipal de Periperi (10/08); e a Escola Municipal Professor Ítalo Gaudenzi (11/08).
Providenciaram exames epidemiológicos, atividades educativas com orientação de higiene oral em grupo, escovação supervisionada, bochecho com fluoreto de sódio, e entrega tanto de kits de educação em saúde bucal da Colgate quanto de cartas de encaminhamento para o atendimento odontológico. Na EM Professor Ítalo Gaudenzi, em homenagem ao dia do estudante, também foram feitos jogos de saúde bucal como atividade para os alunos.

A ação contou com a participação de 1068 estudantes, com a mesma quantidade de kits entregues para os mesmos, com toda atenção e cuidado que a equipe do IRSI tem em suas atividades. Para saber mais sobre outras ações como esta, pode conferir a página do IRSI no site do INTS.

Quiz dos Alimentos: Ação de Nutrição do IRSI continua

Quiz dos Alimentos: Ação de Nutrição do IRSI continua

As ações do IRSI continuam em agosto, entre elas a ação de nutrição em escolas municipais de Salvador. Nos dias 5, 8 e 10 de agosto, a equipe do IRSI levou essa ação para a EM Pituaçu, EM Manuel Lisboa e EM Pescador respectivamente, levando para elas um “Quiz dos Alimentos”, com o propósito de continuar promovendo a boa saúde alimentar para os jovens estudantes das escolas.

A ação envolveu explanação sobre as consequências a saúde no consumo regular de produtos industrializados; demonstração do teor de sódio, açúcar e gordura dos alimentos industrializados; o quis sobre tabus alimentares associado ao tema e uma avaliação antropométrica para os alunos das escolas. Contou com a participação de 676 alunos, com um retorno planejado para a EM Manuel Barbosa para concluir a ação com mais duas turmas.

Para saber mais dessa e de outras ações de saúde promovidas e realizadas pelo IRSI, acesse a página do IRSI no site do INTS.