Paciente de 85 anos tem alta no Hospital Espanhol

Paciente de 85 anos tem alta no Hospital Espanhol

Sr Rubem Protázio, 85 anos, morador do município de Saubara BA, a 94km de Salvador, ganhou os dois melhores presentes de todos os Dias dos Pais que já teve!

A sua cura da Covid e a sua alta do Hospital Espanhol, onde estava internado desde o último dia 03 de agosto. Anderson, seu filho, acompanhado de um amigo da família, chegaram ao Hospital, por volta das 15h para buscar o pai!

Emocionado e sempre abraçado a uma almofada que os pacientes recebem quando têm alta, com dizeres motivacionais como #EuVenciACovid19, ele comentou: “Nós vamos jogar um dominó”! Isso é que é bom humor e disposição, de quem passou seis dias internado e ainda ia enfrentar uma hora de estrada para voltar pra casa. Que exemplo!

Boa sorte no dominó, Seu Rubem, porque na saúde, o senhor já tem!

Hospital Municipal Guarapiranga realiza projeto terapêutico ao ar livre com pacientes de Covid-19

Hospital Municipal Guarapiranga realiza projeto terapêutico ao ar livre com pacientes de Covid-19

Devido ao grande potencial de contágio do novo coronavírus, pacientes que estão com a doença ficam impedidos de ver seus familiares e até mesmo de sair da enfermaria ou UTI. Pensando nisso, o Hospital Municipal Guarapiranga (HMG) criou o projeto “Terapia ao Ar Livre Covid” para que os pacientes com a doença possam ter um tratamento mais humanizado e associado ao bem-estar do indivíduo.

O projeto teve início na última sexta-feira (07) e é realizado por uma equipe multiprofissional de enfermeiros, psicólogos e terapeutas ocupacionais. As atividades ocorrem na área externa do hospital, que conta com um jardim e áreas amplas bem arborizadas.

Antes do início dos exercícios são realizados procedimentos de segurança e higienização, além da medição de características associadas ao coronavírus, como a temperatura e frequência respiratória para cada um dos pacientes. Se houver alteração em alguma dessas aferições, o paciente é suspenso da atividade e é reavaliado. Todos os envolvidos devem usar máscara.

Para o coordenador do projeto Sérgio Feitosa, a área externa do hospital favorece uma melhor recuperação dos pacientes aliado a terapia. “Nossos pacientes em internação perdem a referência de dia e noite começam apresentar inúmeros quadros de fragilidade emocional e até mesmo depressivos”, reitera.

Rubenil Ulisses da Silva, 58 anos, foi o primeiro paciente do projeto. E parece que o ar puro fez bem, pois dois dias após a terapia (09) ele teve alta e pôde comemorar o Dia dos Pais em casa com a família. Veja as fotos abaixo.

 

No Dia Nacional da Saúde, Hospital Municipal de Bertioga realizou “Roda de Conversa” sobre temas da saúde.

No Dia Nacional da Saúde, Hospital Municipal de Bertioga realizou “Roda de Conversa” sobre temas da saúde.

No dia 5 de agosto, Dia Nacional da Saúde, o Hospital Municipal de Bertioga realizou uma ação de “Roda de Conversa” sobre assuntos relacionados à saúde com os colaboradores.

As Rodas de Conversa foram feitas respeitando o distanciamento social e por etapas, em cada setor do Hospital (Maternidade e Pediatria, Centro Obstétrico, Enfermaria Adulto, Pronto Socorro, Setor de Higienização, Núcleo Interno de Regulação, Laboratório e Serviço de Qualidade), com duração em média de 15 minutos para cada setor. Participaram em média 50 colaboradores, com cada um em seu setor de trabalho.

Foram seis temas diferentes (Saúde do Coração, Comer Melhor, Mexa-se, Mente Sã, Corpo São e Dicas para Viver Mais e Melhor) passeando pelas diversas áreas da saúde humana.

A  “Roda de Conversas” foi conduzida pela nutricionista Talita Brito, psicóloga Viviane Rodrigues, técnica de Segurança do Trabalho Aline Araújo e enfermeira da Educação Permanente Juliana Siqueira.

O evento foi idealizado pelo INTS junto a Diretora Administrativa do Hospital Municipal de Bertioga, Ana Patricia Palma, com objetivo de conscientizar os colaboradores sobre qualidade de vida. A expectativa é que isso reflita também em um  melhor atendimento e cuidado aos pacientes do hospital.

 

Dois pais. Dois Joões.  Dois vencedores da Covid.

Dois pais. Dois Joões.  Dois vencedores da Covid.

José Carlos Correia e João Carlos Correia. 67 anos e 32 anos. Um é aposentado, o outro é advogado. Sr José é o pai de Dr João. Os dois apresentaram sintomas da Covid, no mesmo dia.  Buscaram atendimento na UPA dos Barris, no dia 1o de agosto, testaram positivo e, de lá, foram regulados: João Carlos para o Hospital Espanhol e José Carlos para o Hospital de Campanha do Wet’n Wild.

Sr José Carlos teve alta no dia 4/8 e Dr João Carlos, no dia 6/8. Pai e filho livres do vírus e de volta para casa!

Juntos se contaminaram.

Separados se curaram.

Juntos venceram a Covid.

Juntos vão passar o Dia dos Pais!

 

Feliz Dia dos Pais aos dois Joões!

Feliz Dia dos Pais a todos os outros Joões, Antônios, Josés, Paulos, Armandos, Tiagos, Ubiratans… heróis da Covid e heróis para seus filhos! Porque ser pai, é ser herói.

Leite materno é vida

Leite materno é vida

Enfermeira há 13 anos, Ednalva Fraga Andrade é responsável pelo processamento e controle de qualidade do leite materno do setor de maternidade e pediatria do Hospital Municipal de Bertioga, em Bertioga (SP).
Nalva, como prefere ser chamada, reconhece como ninguém as capacidades desse alimento. “Leite Materno é vida, é o melhor e o mais completo alimento para o bebê. Ele é capaz de suprir sozinho as necessidades nutricionais da criança nos primeiros meses de vida ”, explica.

Ela conta o prazer diário em presenciar o momento em que bebê e mãe se tocam pela primeira vez; através do leite. “É muito amor envolvido”, ressalta. Em um de seus plantões na maternidade, Nalva testemunhou uma mãe e um pai chorando quando seu bebê conseguiu sugar pela primeira vez. Ela também não se conteve e chorou por esse momento tão bonito.

Ednalva Fraga Andrade é uma enfermeira realizada na profissão e na sua atividade. “Foi melhor profissão que pude escolher, cuidar desses pequeninos seres humanos”, comenta.

Plantões com pizza no Hospital Espanhol

Plantões com pizza no Hospital Espanhol

Os heróis da saúde do Hospital Espanhol foram surpreendidos, quando chegarem ao refeitório para a ceia noturna, das 21:30 às 23:30, nas noites desta quarta-feira e quinta-feira (5 e 6/08).

No cardápio, pizzas de 15 sabores diferentes para dar um gostinho especial à rotina puxada do plantão noturno, com direito a refrigerante e condimentos.

Foi uma doação da empresa Novo Sabor, fornecedora de refeições para o INTS – Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde que faz a gestão do Hospital. Seguindo uma linha de solidariedade empresarial que tem acontecido com frequência, pelo mundo afora, neste período de pandemia.

Para os paladares mais comedidos e preocupados com a dieta, a ceia tradicional não deixou de ser oferecida. Com sopa, café com leite, cuscuz, suco e torradas.

Muitos funcionários, atuando há anos na área de assistência em saúde, gratos e surpresos, revelaram nunca ter comido pizza, num refeitório hospitalar.