UPA Brotas promove conscientização para o Dia Mundial da Diabetes 

UPA Brotas promove conscientização para o Dia Mundial da Diabetes 

Com o objetivo de promover a conscientização e prevenção da diabetes, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h de Brotas, em Salvador, realizou no dia 14 de novembro uma ação organizada pelo Serviço de Nutrição da unidade em parceria com os alunos de Estágio de Nutrição Clínica do Centro Universitário Estácio da Bahia.

O público presente na recepção da unidade, enquanto aguardavam pelo atendimento, participou de uma palestra sobre os riscos da diabetes, junto com uma dinâmica com demonstração de um prato equilibrado usando um kit de réplicas de alimentos saudáveis. 

A ação também promoveu explanações sobre os tipos de diabetes, as medidas de prevenção e controle da doença, bem como recomendações nutricionais e dicas de comportamento, junto com a distribuição de material informativo sobre o assunto para os participantes.

“As palestras e ações na sala de espera da Unidade são de extrema importância, pois permite o acesso de informações para os usuários dos nossos serviços”, destacou a gerente administrativa da unidade, Priscila Souza, sobre o evento.

O Dia Mundial da Diabetes é comemorado desde 1991, em 14 de novembro, data de aniversário de Sir Frederick Banting, co-descobridor da insulina, juntamente com Charles Best.

Atendimento e conscientização são os focos para o Novembro Azul em Itaquá

Atendimento e conscientização são os focos para o Novembro Azul em Itaquá

A campanha do Novembro Azul, destinada a promover a conscientização e prevenção do câncer de próstata, é parte das ações nas unidades do INTS ao longo do mês.

Em Itaquá, no Centro de Saúde Itaquá, a campanha foi elaborada com foco na humanização do cuidado. Foram realizadas orientações com os colaboradores da Recepção e Orientador de Público, trabalhando o olhar individual para os usuários que buscam o serviço. O Objetivo é qualificar o atendimento do momento em que a documentação é apresentada até a assistência médica propriamente dita na unidade. 

Juntamente com esta qualificação foi feita uma intervenção junto ao Conselho Tutelar e o Setor de Agendamento da Saúde para que o cuidado contínuo fosse garantido.

Complementando as ações, em linha com a campanha do Novembro Azul, também foi construído um painel lúdico para selfies, para compartilhar informações de conscientização e prevenção de doenças comuns ao público masculino.

Humanização do HMV é destaque em evento da Superintendência de RH da Saúde  

Humanização do HMV é destaque em evento da Superintendência de RH da Saúde  

O Projeto “Alegria Musical Itinerante: alegria e bem estar no ambiente hospitalar”, da Comissão de Humanização do Hospital Manoel Victorino (HMV), em Salvador, foi destaque na IV Mostra Integrada de Humanização e Saúde do Trabalhador do SUS-BA realizada nos dias 16 e 17 de novembro, no auditório da Escola Estadual de Saúde Pública da Bahia (ESPBA).

Durante o encontro, foram apresentadas cerca de 30 experiências exitosas em humanização, de várias instituições, voltadas para usuários/acompanhantes ou trabalhadores da saúde, no cenário pandêmico da Covid-19.

O Projeto do HMV, apresentado aos participantes da Mostra, ocorre mensalmente na unidade hospitalar, que é especializada em ortopedia, desde dezembro de 2021. O objetivo é humanizar o ambiente através de um momento musical nos corredores do ambulatório, enfermarias e Unidade de Terapia Intensiva (UTI). As músicas são escolhidas previamente com mensagens positivas que transmitem alegria aos pacientes e acompanhantes. 

A ação recebeu feedbacks positivos, tanto dos pacientes quanto dos colaboradores da unidade que participaram deste momento. Frequentemente, é mencionada a sensação de bem-estar e um clima de leveza no ambiente sempre que o projeto é realizado, o que concretiza a importância da continuidade da ação.

Na abertura da Mostra, a Secretária da Saúde do Estado, Adélia Pinheiro, destacou que é imprescindível que programas e ações de valorização do trabalhador sejam instalados e coordenados efetivamente, para que tenham a valorização e o reconhecimento que merecem, afinal, são eles que fazem o SUS acontecer diariamente. “O Sistema Único de Saúde é o resultado do trabalho de muitas pessoas, além de ser dirigido a pessoas que possuem demandas, necessidades e características muito próprias. Uma grande rede interligada que, em aperfeiçoamento constante, garante o direito à saúde”, afirmou.

Para o diretor de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde (DGTES), Bruno Guimarães, “é muito bacana a gente perceber que no território da Bahia a gente consegue promover ainda saúde na perspectiva da humanização de olhar para o trabalhador e trabalhadora e suas necessidades”. Ele agradeceu a todos que tem se dedicado a sistematizar o que ocorreu nas unidades, no aspecto de defesa do SUS.

Casa das Pérolas, em Fazenda Coutos, recebe ação de mamografia do IRSI

Casa das Pérolas, em Fazenda Coutos, recebe ação de mamografia do IRSI

O Outubro Rosa chegou ao fim, mas a prevenção contra o câncer de mama continua. No mês de novembro, o Instituto de Responsabilidade Social do INTS, o IRSI, mais uma vez levou para a população de Salvador sua ação de mamografia, promovendo atendimentos e exames para as mulheres residentes em bairros populares da capital baiana.

Desta vez, o local de atuação foi a Casa das Pérolas, em Fazendo Coutos, onde nos dias 3 e 4 de Novembro foram realizados 159 atendimentos. Os resultados dos exames dessa ação estarão prontos nos dias 6 e 7 de dezembro, e serão entregues às pacientes no próprio local onde a ação foi realizada. 

Para saber mais sobre essa e outras ações do IRSI, você pode conferir a página do instituto no site do INTS.

Hospital e UPAs de Caucaia aplicam protocolo de dor torácica para diagnóstico em até dez minutos

Hospital e UPAs de Caucaia aplicam protocolo de dor torácica para diagnóstico em até dez minutos

A dor no peito pode significar desde um simples problema gastrointestinal até um risco de vida em casos de infarto. O paciente que procura o Hospital Dr. Abelardo Gadelha da Rocha e as UPAs de Caucaia, unidades de saúde geridas pelo Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde – INTS, com sintomas de dor torácica passa por um novo protocolo que pretende reduzir a mortalidade por doenças cardíacas.

Uma das principais ações é o tempo de atendimento. O novo protocolo estabelece uma média de até dez minutos para a realização do eletrocardiograma e avaliação médica. De acordo com Thiago Mariz, diretor clínico e gerente médico do hospital, a nova conduta foi baseada em protocolos utilizados mundialmente. “Temos experiências positivas em outros países que ao realizar o exame cardíaco e diagnóstico nesse intervalo de dez minutos, temos mais chances de reduzir a mortalidade do paciente que está infartando. Entre as equipes de saúde nós costumamos dizer que “tempo é músculo”, porque quanto mais tempo eu perco, mais músculo cardíaco eu estou perdendo, então a agilidade na resposta desse tipo de doente é essencial”, ressalta.

No hospital, após o atendimento na recepção o paciente é direcionado para a triagem clínica e de acordo com os sintomas apresentados como dor no peito, pontadas, queimação, ou outro que sinalize dor torácica é aberto o protocolo que segue padrões e condutas. Dependendo da  gravidade do caso, o paciente poderá ser transferido pela equipe do SAMU para os hospitais de referência em atendimento cardíaco.

O novo protocolo passou a ser implantado no hospital em agosto e até outubro foram atendidos 280 pacientes com queixa de dor torácica. Através do processo é possível identificar também algumas alterações cardíacas e reduzir o risco futuro de infarto. “Quando se cria um protocolo a gente tá garantindo que o paciente com uma dor minimamente suspeita seja avaliado com um olhar mais cuidadoso. Às vezes o paciente não está infartando, mas ele tem uma angina (doença cardíaca que causa dor no peito) e ele precisa receber o tratamento adequado para não correr o risco de infartar no futuro. A nossa expectativa é reduzir mortalidade,” destaca Thiago Mariz.

Nas Unidades de Pronto Atendimento, UPAs o protocolo segue o fluxo semelhante ao do hospital. “Após passar pelo acolhimento na classificação de risco com sinais e sintomas sugestivos de infarto a equipe de atendimento abre o protocolo e preenche com todas as informações necessárias como por exemplo, o tipo de dor relatada e horário do início dos sintomas”, explica Bárbara Lellis, gestora da UPA Centro. Após realizar o eletrocardiograma e ser avaliado pelo médico, o paciente recebe a assistência de acordo com o diagnóstico. “Caso seja positivo para infarto, ou qualquer alteração cardíaca, o paciente é conduzido para o setor de observação adulto ou sala vermelha e será transferido para o hospital de referência”, disse Evilene Rocha, gestora da UPA Jurema.

Para capacitar os profissionais foi realizado um treinamento com toda a equipe envolvida no atendimento. O protocolo de dor torácica adotado pelas unidades de saúde faz parte do projeto de qualificação dos processos de assistência ao paciente implantado pelo INTS que desde março assumiu a gestão do hospital e das UPAs de Caucaia.

IRSI: Mais de 200 exames gratuitos são realizados para população de Mussurunga, em Salvador 

IRSI: Mais de 200 exames gratuitos são realizados para população de Mussurunga, em Salvador 

Durante o mês de outubro, o Instituto de Responsabilidade Social INTS, o IRSI, continuou suas atividades em prol da saúde pública. No dia 25, a equipe do instituto levou a Ação de Oftalmologia para os moradores do bairro Mussurunga, em Salvador. O objetivo principal é promover a realização dos exames para a comunidade para prevenir e auxiliar no tratamento de problemas oculares, incluindo catarata.

Durante o evento, foram realizados exames em 206 moradores da comunidade. Destes, 62 foram triados para cirurgia de catarata. A iniciativa integra o conjunto de projetos do Instituto, realizado mensalmente nas comunidades da capital baiana, para o benefício e promoção da saúde pública. 

Para saber mais, acesse a página do Instituto no site do INTS.